Política

NOVEMBRO AZUL GONZAGA2

O vereador Dr. Gonzaga (PMDB) usou a tribuna nesta quarta-feira, 09, para fazer um alerta sobre o câncer de próstata, como parte da campanha de conscientização “Novembro Azul”, com enfoque na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata. Na ocasião, o vereador apresentou dados e informações sobre prevenção, diagnóstico e tratamento da doença.

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais frequente no sexo masculino e fica atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Estatísticas apontam que a cada seis homens, um é portador da doença. O Instituto Nacional de Câncer estima mais 61.200 novos casos, para o período de 2016/2017. Com relação aos números de mortes causados por câncer, o de próstata está na segunda posição e a primeira é ocupada pelo de pulmão.

Muitas vezes, o tumor cresce lentamente e estima-se que, cerca de 80% dos pacientes com mais de 80 anos que morreram por conta de outros problemas, nem sabiam que tinham o câncer em seu organismo. Por outro lado, em outros casos, o câncer se desenvolve e se prolifera de maneira muito rápida.

“É por isso que os exames preventivos são tão importantes, pois podem dar um diagnóstico precoce da doença, o que aumenta as chances e cura”, lembrou Dr. Gonzaga. Ele também explicou que, a partir dos 45 anos, os homens devem realizar o exame de próstata uma vez por ano. Já aqueles com casos pregressos de câncer de próstata na família (pai e irmãos) ou de câncer de mama (mãe e irmãs) devem fazer o exame após os 40 anos de idade.

Os principais exames são: exame de sangue PSA e o de toque retal. “Este último ainda é envolto de tabus e preconceito, mas é o diferencial para o diagnóstico e o tratamento da doença, porque somente cerca de 10 a 20% dos casos não são detectados pela dosagem de PSA no sangue. O exame de toque e o PSA são complementares”, alertou o parlamentar.

Em 2011, foi aprovada a Lei Municipal N° 4.101, de autoria de Dr. Gonzaga, que prevê que os postos de atendimento e hospitais públicos disponibilizem a “carteira de exames PSA” e um folheto explicativo esclarecendo sobre os riscos e a necessidade de prevenir o câncer de próstata.

Segundo o parlamentar, a “carteira de exames PSA” deveria conter espaço para datas e anotações médicas dos exames, periodicidade e meios disponíveis para agendamento dos exames. Apesar de ter sido aprovada há mais de seis anos, a carteira não está disponível, conforme prevê a Lei. “Seria mais uma ferramenta no incentivo à prevenção, mas, infelizmente, não foi levada adiante pelo executivo”, lamentou o vereador.

O vereador finalizou reforçando a importância de os homens cuidarem mais da saúde, principalmente em relação ao câncer de próstata. “Não deixe que o preconceito e o machismo atrapalhem a sua saúde. Cuide-se, fazendo o exame preventivo uma vez ao ano”, encerrou.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto: Gilton Rosas/CMA

ALM 5010

Os servidores estaduais terão o 13° salário parcelado mais uma vez. Após votação na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), na tarde desta quarta-feira (08), o Projeto de Lei nº 189/2017, de autoria do Poder Executivo, foi aprovado pela maioria dos deputados, possibilitando que os servidores parcelem em até seis vezes o salário.

A decisão agradou a base aliada que, de acordo com líder do governo na casa legislativa, Francisco Gualberto (PT), não trará nenhum prejuízo para o servidor. “O governo se responsabilizará pelo pagamento ao banco, que será feito em seis parcelas, incluindo o abono de até 12,46% para garantir as compensações bancárias”.

Com o PL aprovado, o governo irá negociar com o banco o melhor período para liberação dos créditos e, assim que for definido, o servidor público estadual poderá se dirigir a uma agência do Banese e firmar a operação de crédito correspondente ao valor do seu 13º -- que, anteriormente, era pago em duas parcelas, conforme estabelece a legislação estadual. “Por lei, muitos servidores já recebem parte do 13º salário no mês em que faz aniversário. Portanto, nesta etapa, ele receberá o equivalente ao restante devido pelo Estado”, acrescentou Gualberto.

A deputada Maria Mendonça (PP) foi um dos deputados que votaram contra o PL. Para ela, a aprovação é um desrespeito ao servidor estadual. "Sergipe insiste em ser um modelo de como não tratar o servidor público. É uma demonstração da falta de prioridade e respeito do governador Jackson Barreto para com os servidores públicos estaduais", disse ao votar contra o PL.

Maria se diz preocupada com a situação dos servidores e afirmou que o PL é humilhante. “São mais de 69 mil servidores, entre ativos e inativos, que se dedicam para que a máquina administrativa funcione bem, atendendo à população que paga seus impostos, mas, infelizmente, estão sendo humilhados quando não têm direito à gratificação integral, assegurada por lei, além de sequer ter os salários reajustados", pontuou.

O deputado Francisco Gualberto, contudo, reafirma que a aprovação será benéfica. “Temos convicção do que estamos fazendo. Queremos garantir que o servidor, que já está recebendo seu salário até com atraso e sem reajuste, não tenha mais esse descontentamento com relação ao seu 13º. Está garantido o recebimento em dezembro”, conclui.

Favoráveis e contras

Além de Francisco Gualberto, foram favoráveis à aprovação os deputados Augusto Bezerra (PHS), Gustinho Ribeiro (PRP), Adelson Barreto (PR), Garibalde Mendonça (PMDB), Robson Viana (PEN), Jairo de Glória (PRB), Jeferson Andrade (PSD), Venâncio Fonseca (PP) e Luiz Mitidieri (PSD).

Já Maria Mendonça (PP), Gilmar Carvalho (sem partido), Paulinho Filho (sem partido), Georgeo Passos (PTC), Ana Lúcia (PT), Luciano Pimentel (PSB), Moritos Mattos (PROS) e Vanderbal Marinho (PTC) votaram contra. Os deputados Capitão Samuel (PSL),  Sílvia Fontes (PDT) e Goretti Reis (PMDB) não compareceram à sessão. Antônio dos Santos (PSC) também não votou, mas já tinha se manifestado contrário à aprovação do projeto nas comissões.

|Por Soma Notícias/Com informação das assessorias
|Foto: Jadilson Simões/Alese

MULHERES DE PEITO CARRETA

O Outubro Rosa passou, mas a luta pelo combate ao câncer de mama não para. Na manhã desta segunda e terça-feira, 6 e 7, a Praça Fausto Cardoso, no Centro de Aracaju, recebe a carreta do Hospital do Câncer de Barretos para realizar exames de mamografias gratuitamente. A iniciativa é do Movimento Mulheres de Peito, com o apoio do vereador Dr. Gonzaga (PMDB) e o do senador Eduardo Amorim (PSC).

Durante os dois dias, 80 mulheres serão atendidas na carreta que é uma unidade móvel do HCB, totalmente equipada e com profissionais capacitados para realizar exames de mamografia e preventivo contra o câncer de colo do útero. As pacientes foram cadastradas seguindo os critérios do HCB.

Lúcia Borges faz parte da organização  sem fins lucrativos, Mulheres de Peito, e comemorou a vinda da unidade móvel à capital. “Nosso movimento nasceu para contribuir e ajudar as mulheres e esta ação está nos proporcionando muitas coisas boas e também muita informação” disse. Sobre o apoio de Dr. Gonzaga e do Senador Amorim, ela agradeceu pelo empenho em colaborar com a causa. “Estamos na luta, fizemos um pré-cadastro e já temos 70 mulheres que precisam fazer os exames, então vamos tentar trazer esse serviço mais vezes”, finalizou Lúcia.

Esta é a segunda vez que a carreta realiza exames em Aracaju, a primeira vez foi durante o programa Vereador em Ação, promovido por Dr. Gonzaga. O vereador esteve no local, na manhã desta segunda-feira, e explicou que a prevenção ao câncer de mama faz parte do seu trabalho há anos. “Já sabemos que a prevenção ainda é a maior arma contra o câncer e movimentos como o Mulheres de Peito têm um papel fundamental nesse sentido, pois leva informação, prevenção e, também, apoio a quem é diagnosticado com a doença”, relatou o vereador, que também elogiou o empenho do Senador Amorim “por dar a oportunidade a mais mulheres de ter acesso a uma estrutura de primeiro mundo e exames tão importantes de forma gratuita”.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto: Divulgação

Fabio Reis

Mesmo com especulações que estão sendo veiculadas na imprensa sobre uma possível intervenção da oposição para que o Governo de Sergipe não consiga o empréstimo da Caixa no valor de R$ 580 milhões, aprovado pela Assembleia Legislativa, o deputado federal Fábio Reis (PMDB) afirmou que não acredita nessa possibilidade. Há, inclusive, quem diga que por trás dessa articulação estaria o líder do Governo no Congresso Nacional, deputado federal André Moura (PSC).

“Não acredito que André fará qualquer tipo de ingerência. Mesmo que algo ocorra nesse sentido, levarei pessoalmente o governador Jackson Barreto até o presidente Michel Temer. Serei o avalista político desse empréstimo e vou assegurar ao presidente todas as garantias para que não haja nenhum obstáculo à liberação dos recursos, avisou Fábio Reis.

O parlamentar também não acredita na hipótese de uma intervenção política, porque o banco trata esse tipo de negócio de forma técnica. “A Caixa não lida politicamente com questões administrativas”, assegura. Além disso, na avaliação de Fábio Reis, o Estado tem capacidade de endividamento e o direito de adquirir o financiamento, com a aprovação do poder Legislativo.

Ele aponta outro fator para que o empréstimo não seja barrado, a importância dos investimentos para a infraestrutura rodoviária de Sergipe. “Há anos nossas rodovias estão deterioradas e chegaram a um estado de estrangulamento. Precisamos de uma nova malha viária para o melhor escoamento da nossa produção agrícola e de diversos outros produtos que compõem a economia de Sergipe. Esses recursos são mais que essenciais”, frisa Fábio Reis.

Espero que não seja preciso ir até o presidente Temer. “Já conversei com o líder do partido na Câmara, deputado Baleia Rossi, com o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy e com o presidente da Caixa Gilberto Occhi, que negaram qualquer tipo de intervenção”, relatou o deputado peemedebista.

O vereador Juvêncio Oliveira (DEM) aproveitou o início do novo mês para falar sobre a Campanha “Novembro Azul”, que tem foco no combate ao câncer de próstata e busca a conscientização da importância de exames médicos para a saúde masculina.

“Enquanto figura pública, acho importante poder falar sobre assuntos que vão além das solicitações dentro da Câmara Municipal. Assim como o Outubro Rosa, o mês de novembro tem foco na saúde e, sem dúvidas, merece ganhar maior destaque a cada ano”, pontuou o vereador.

Atuando junto a 22 parlamentares do sexo masculino, Juvêncio Oliveira ressalta que dentro da Casa Legislativa o assunto ganha força. “Acompanhando as notícias desta semana, de acordo com a estatística apresentada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o câncer de próstata é o segundo tipo de câncer que mais mata entre os homens, sendo o sexto mais frequente no mundo. A doença atinge principalmente homens na minha faixa etária, o que nos faz refletir sobre a necessidade de deixarmos os receios de lado e investir nos cuidados com a saúde, seja através do popular exame de toque, bem como, de exames de sangue e a própria consulta médica”, finalizou o parlamentar.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto:  Gilton Rosas/CMA

COP 8165

O deputado estadual Gilmar Carvalho fez uso da tribuna na Assembleia Legislativa para repudiar a Operação Fisco Presente, realizada recentemente pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) no município de Nossa Senhora da Glória. O parlamentar frisou que é a favor da fiscalização, mas criticou a forma com que ela foi feita na cidade, com um exército de fiscais identificando 40 empresas em uma única manhã.

“Venho manifestar meu repúdio a uma ação completamente nefasta para o comércio de Nossa Senhora da Glória, empreendida pela Secretaria da Fazenda de Sergipe. Evidente que não sou a favor da sonegação de impostos. Do mesmo jeito que não sou a favor que as empresas não tenham o seu controle de estoque. Mas é necessário ter cautela!”, alertou Gilmar.

“Se eu fosse aliado do governador Jackson Barreto, teria ido ao gabinete dele e o colocado contra parede. Eu diria “Escolha, governador, o senhor quer um aliado ou uma secretaria que, em nem nome da necessidade de arrecadação, põe fim ao comércio de um município?”,  indagou.

Ao nomear a operação de “quebra comércio”, o parlamentar ressaltou que se trata de uma ação estruturada para minar o desenvolvimento dos negócios locais e levará a cidade inteira à falência. “O comércio de Glória cresceu muito e abriu os olhos da Secretaria da Fazenda, que é incapaz de arrecadar por outros meios, sem punir empresas”, disparou.

Gilmar finalizou seu discurso questionando: “Esse governo quer acabar com o comércio de Glória? Se quer assuma, tenha coragem, mas não venha a público dizer que não, que foi a Secretaria da Fazenda. A culpa é do governador Jackson Barreto, foi ele que foi eleito para administrar o Estado, e não para quebrar empresas. Foram 40 de uma vez só”, protestou.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto: César de Oliveira

O secretário de Estado da Inclusão Social, Zezinho Sobral, esclarece que, através da imprensa, tomou conhecimento do mandado de segurança impetrado pelo deputado Georgeo Passos, alegando a negativa de resposta à solicitação das atas do Fundo de Combate e Erradicação à Pobreza (Funcep) referente aos anos de 2015 e 2016.

O gestor Estadual informa que recebeu apenas um ofício do parlamentar datado em 12 de abril de 2017. A resposta veio de imediato, em audiência realizada no dia 20 de abril na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), onde Zezinho Sobral prestou esclarecimentos ao deputado Georgeo Passos e outros parlamentares, incluindo o presidente da casa, Luciano Bispo .

“A resposta ao ofício não foi protocolada. Acredito que o fato de estarmos na Casa Legislativa, abordando as questões do Funcep, do Projeto de Lei que o regulamenta e demais assuntos da pasta tinham suprido as necessidades. Não formalizei a devolução da solicitação de Georgeo Passos porque fui pessoalmente à Alese prestar todas as informações”, esclarece Zezinho Sobral.

De acordo com o secretário, não houve negligência de informações por parte dele e dos profissionais da Seidh, visto que a gestão atua com transparência e sempre está à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos aos deputados, à justiça e, principalmente, à população.

“Mais que respondi: fui até a Alese. Minha resposta foi muito além de um protocolo. Não houve falta de atenção ou sonegação de informações. No entanto, para que se cumpra a formalidade, enviarei todas as cópias solicitadas ao deputado via protocolo, assim como me anteciparei e encaminharei ao Tribunal de Justiça. Tenho o maior prazer em atender qualquer parlamentar e meu trabalho é voltado ao diálogo. O gestor tem que passar todas as informações e nunca me neguei a isso. Acredito que o mandado de segurança foi altamente desnecessário, ocupando o judiciário com uma questão que já estava resolvida”, reforça Sobral. 

 

|Fonte: Seidh

unnamed 1

Na manhã desta sexta-feira, 27, o deputado Jony Marcos (PRB/SE) recebeu o título de Tripulante Honorário da Marinha, concedido pelos relevantes serviços prestado à Capitania dos Portos. O título ao parlamentar foi entregue na sede da capitania, pelo capitão dos portos de Sergipe, João Batista Barbosa. 

“É uma grande honra receber este título, mas quem merece todos os aplausos pelo trabalho prestado em Sergipe é a Marinha. Sinto-me lisonjeado”, pontuou Jony Marcos. 

Ainda no dia de hoje, o parlamentar esteve na inauguração da Escola Municipal Professora Maria da Conceição Cruz Vasconcelos, no Conjunto Jardim, localizado na cidade de Nossa Senhora do Socorro, Grande Aracaju. “Participar da entrega de mais uma unidade escolar me deixa muito contente, pois acreditamos na educação como ferramenta essencial para as crianças e jovens, e o que tiver ao nosso alcance para que seja ofertada um ensino de qualidade e com uma estrutura adequada, faremos”, ressaltou.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto: Divulgação

Sobre Nós

O Soma Notícias é um projeto voltado para garantir que a notícia chegue até o leitor de forma qualificada, com a confiabilidade necessária, numa forma de reportar à toda sociedade assuntos que são de interesse público. Como vivemos um momento diferenciado na comunicação, em que a importância de quem consome a notícia é mais valorizada do que nunca, o Soma Notícias vem para se somar ao objetivo de termos uma sociedade cada vez mais justa, plural e ciente de que os direitos e os deveres dos cidadãos se aplicam a todos, sem exceção. E isso só é possível se tivermos acesso a uma gama de informações confiáveis, que não abram espaço para a dúvida quanto a sua procedência. Essa é a missão do Soma Notícias. E é para executá-la que aqui estamos!

Newsletter

Deixe seu melhor e-mail para receber novidades e/ou promoções.
Somos contra Spam!