Municípios

Uma aposentada conseguiu na justiça o direito de realizar uma cirurgia para combater uma artrose severa em seu joelho direito. A conquista se deu após uma ação movida pela Defensoria Pública do Estado contra o município de Aracaju. A decisão foi divulgada nesta quinta-feira, dia 11.

Dona Maria do Carmo Silva dizia conviver com as dores há algum tempo e, somente com a realização de uma artroplastia -- um tipo de procedimento que realiza a substituição total do joelho por próteses, promovendo alívio e melhora na função motora --, poderia voltar a ter uma vida digna novamente. No entanto, de acordo com a aposentada, devido ao alto custo da operação, ela dependia do Sistema Único de Saúde (SUS) para conseguir, mas, segundo ela, encontrou dificuldades por parte do Município neste auxílio.

O defensor público, Saulo Lamartine, disse que esse tipo de cirurgia integra o rol de procedimentos fornecidos pelo SUS, e, diante da gravidade da doença, a juíza da 3ª Vara Cível de Aracaju acatou os pedidos da Defensoria Pública e determinou que o Município realizasse o procedimento de forma urgente.

No entanto, de acordo com a assessoria de comunicação da Defensoria, a decisão liminar não foi cumprida e, por isso, “foi pleiteado o sequestro de mais de R$ 53 mil para custear a cirurgia da aposentada em hospital particular”. 

No entanto, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) disse, por meio de nota, que havia solicitado a realização do procedimento ao Hospital Cirurgia, contudo, de acordo com a assessoria de comunicação, a instituição não respondeu à solicitação.

Confira a nota na íntegra

A Secretaria Municipal de Saúde informa que o procedimento fazia parte da cláusula primeira do contrato 123/2015, exemplificada no documento descritivo, que a gestão tinha firmado com o Hospital de Cirurgia.

A SMS destinava mensalmente o valor de R$ 169.193,57 para a realização de 179 intervenções desse grupo de procedimentos cirúrgicos, onde a artroplastia está inserida.

Em razão disso, e obedecendo todos os prazos legais, a SMS notificou o HC para que fosse imediatamente cumprida a decisão judicial, alertando que tal medida seria imprescindível para evitar o agravamento do quadro de saúde da paciente.

|Por Soma Notícias/Com informações da Assessoria de Comunicação
|Foto: Divulgação



drogas

Um homem foi preso negociando drogas numa feira livre no município de Estância, no final da tarde da última quarta-feira (10). A prisão ocorreu após uma operação policial que investigava a comercialização de entorpecentes na região central da cidade.

No momento da ação dos policiais, Micael Santos Lima, de 21 anos, estava em posse de 16 trouxinhas de maconha e dinheiro arrecado com a venda da droga.

Com o flagrante, o jovem foi conduzido à Delegacia Regional da cidade para prestar depoimento. Lá, de acordo com informações da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), ele confessou o ato criminoso e deve responder pelo crime de tráfico ilícito de entorpecentes.

|Por Soma Notícias
|Foto: Divulgação/SSP

Um homem de 59 anos morreu durante ato sexual com uma mulher nas dependências de uma pousada localizada no entorno da Avenida Euclides Figueiredo, Zona Norte de Aracaju. O fato aconteceu no começo da tarde desta quarta-feira, (10).

Uma equipe do Instituto Médico Legal de Sergipe (IML) foi chamada para atender a ocorrência e, ao realizar os primeiros exames, descartaram qualquer indício de violência contra a vítima. Com isso, o corpo do homem, que permanece sem identificação, foi reconduzido ao Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) para realização de outros exames e, consequentemente, liberação para sepultamento.

Ainda de acordo com informações, a vítima estava acompanhado de uma jovem e provavelmente ingeriu algum tipo de medicação para auxiliar no desempenho sexual; fator que, conforme informações preliminares, pode ter causado uma parada cardíaca.

A polícia esteve no local e disse que as imagens de segurança do estabelecimento serão utilizadas para verificar se havia mais de uma pessoa, além da mulher, com a vítima. Contudo, a priori, a informação de um possível ataque cardíaco continua sendo a principal hipótese.

|Por Soma Notícias
|Foto: Equipe Soma+


chuva

Bastaram poucos minutos de chuva para que algumas ruas da cidade de Estância, localizada a 66km da capital sergipana, ficassem completamente alagadas na noite da última terça-feira, dia 09. Em um vídeo divulgado por internautas, veículos tiveram dificuldade para transitar pela região do Forródromo Municipal devido ao volume de água.

Os moradores do município, que é margeado pelos rios Piauí e Piauitinga, tiveram dificuldade em sair de casa e disseram que a situação é constante. “Essa região é bem frequentada, por causa do forródromo, mas é muito comum alagar dessa forma quando chove forte”, disse uma estudante que pediu para não ser identificada.

Nas imagens divulgadas nas redes sociais, é possível ver a corredeira que se formou na rua Riachuelo. Nesse mesmo material, um rapaz se arrisca na tentativa de retirar uma motocicleta do meio da correnteza.

Procurada pela equipe do Soma+ Notícias para falar sobre o assunto, a Prefeitura informou que os serviços de drenagem já estão no cronograma de ações e que a região será uma das primeiras contempladas.

|Por Soma Notícias
|Foto: Reprodução

20180108 100917

Técnicos do Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil da Secretaria de Estado da Inclusão Social (Depec/Seidh) estiveram nesta segunda-feira, 08, no município de Monte Alegre para avaliar as consequências das chuvas torrenciais ocorridas na tarde do último sábado, 06. O temporal durou aproximadamente duas horas com volume de 83 milímetros, nível considerado elevado para o curto período de chuva.

A partir das análises técnicas, a Defesa Civil Estadual fará um relatório que servirá como embasamento para que sejam tomadas medidas de prevenção, fortalecimento e segurança da população para fenômenos naturais. 

"Verificamos ruas, canais e casas comprometidas com a força das chuvas. Dentre os prejuízos, identificamos comprometimento do asfalto, da pavimentação, rachaduras em algumas casas e problemas na rede de esgotamento sanitário. Vistoriamos as áreas afetadas e, a partir da conclusão do relatório, vamos propor soluções, a exemplo de inclusão de manilhas, serviço de drenagem, entre outros", explicou o diretor da Defesa Civil Estadual, cel Alexandre José.

Dentre as localidades comprometidas pelas chuvas em Monte Alegre estão: rua Divina Pastora, rua Tanque Velho, Canal do Tanque Velho, rua Antônio José de Santana, rua Paulo Afonso e Conjunto Cohab. 

"Conversamos com moradores e verificamos a situação de algumas casas. Sugerimos o diálogo com a Assistência Social para atender às famílias prejudicadas e orientar a população para não jogar lixo nas ruas e nos canais, fator importante e que pode comprometer toda uma cidade em casos de chuvas fortes", reforçou o cel Alexandre José, pontuando que o relatório da Defesa Civil será concluído ainda esta semana.

Para a prefeita de Monte Alegre, Marinez Silva, "a presença da Defesa Civil Estadual no município demonstrou o comprometimento do Governo do Estado para atender a população que mais precisa. Foi uma visita bastante produtiva e que vai trazer grandes benefícios."


|Fonte e foto: SEIDH

a3d9e258 3c5f 467d 861a 7e383db8e384

Bandidos invadiram a Escola Estadual Padre Leon Gregório, localizada no bairro Novo Horizonte, em Nossa Senhora da Glória, sertão sergipano, na última segunda-feira (08). Segundo informações de populares, os criminosos depredaram o espaço, quebraram equipamentos e espalharam lixo por várias salas.

Em pouco mais de um ano, essa é a terceira vez que o centro educacional sofre ação de vândalos. Uma professora, que pediu para não ser identificada, disse que quando chegaram à escola, encontraram os armários revirados, lixo espalhado por todo canto e paredes manchadas de tintas utilizadas durante as aulas.

A Secretaria de Estado da Educação (SEED), assim que foi informada do acontecido, repudiou o ato dos criminosos e, em nota, disse que “colherá depoimento dos dois vigilantes que estavam na escala de plantão nesta segunda-feira”. A  SEED informou, ainda, que todas as medidas já foram tomadas.


394168b5 0cf2 4a7f 8470 2ec3562e6c6d


Confira a nota na íntegra

"Tão logo soube do caso de vandalismo no Colégio Estadual Padre Leon Gregório, em Nossa Senhora da Glória, a direção da escola acionou a Diretoria Regional de Educação 9, que por sua vez, solicitou a prestação de um Boletim de Ocorrência. O Núcleo de Segurança Escolar se deslocou nesta terça-feira, 9, para Nossa Senhora da Glória e colherá depoimento dos dois vigilantes que estavam na escala de plantão nesta segunda-feira, 8, quando ocorreu o fato e era feriado na cidade.

Os primeiros levantamentos dão conta de que houve um arrombamento na escola e não foram levados nenhum bem material. Houve vandalismo e depredação do patrimônio público, como quebra dos armários escolares, foram espalhados lixo pela escola, além de arrombamento das fechaduras de algumas instalações.  Todas as medidas estão sendo tomadas para aumentar a segurança e que os culpados sejam punidos pelo ato de irresponsabilidade contra o patrimônio público".

|Por Soma Notícias
|Foto: Reprodução/Redes Sociais

armas

Policiais civis e da Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (CIOPAC) cumpriram mandados de busca e apreensão no município de Nossa Senhora da Glória, localizado no sertão sergipano, e prenderam um casal suspeito dos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de armas de fogo e roubos na região. A operação foi realizada durante o final de semana e o resultado foi divulgado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE) na manhã desta segunda-feira (08).

 Durante ação, ocorrida no povoado Aningas, zona rural do município, os policiais apreenderam um rifle, um revólver, munições, 3 pés de maconha, uma motocicleta roubada que se encontrava desmanchada, uma balaclava e aparelhos eletrônicos.

Com o flagrante, Tiago Francisco da Costa, conhecido popularmente como “Neno” e Marialva da Silva Costa, a “Nalvinha”, foram presos e encaminhados a delegacia município.

Contudo, após pagamento de fiança -- de valor não divulgado --, a dupla foi liberada.

|Por Soma Notícias
|Foto: Divulgação/SSP

Brejo Grande produção apícola APL SEIDH 10

Na região da Foz do São Francisco, entre belezas naturais e coqueirais, a apicultura é uma atividade em expansão. Com o tempo, a capacitação dos produtores locais, aliada ao conhecimento de tecnologias sociais e ao meio ambiente, fez com que os membros da antiga Associação de Catadores de Caranguejo do povoado Brejão dos Negros, município de Brejo Grande, migrassem para a produção e comercialização do pólen, alimento rico em proteínas e cheio de benefícios para a saúde. Hoje, os 33 apicultores da atual Associação Brejograndense de Criadores de Abelhas (ABECA) têm renda garantida e são responsáveis pela coleta, limpeza, processamento, envasamento e congelamento, colocando Sergipe como o segundo maior produtor de pólen apícola do Nordeste.

Nesta quinta-feira, 04, o secretário de Estado da Inclusão Social e do Trabalho, Zezinho Sobral, foi ver de perto o andamento das obras da sede da ABECA. A associação foi contemplada no segundo Edital de Arranjos Produtivos Locais (APLs), com o valor de R$ 289.350,37 (sendo R$ 15 mil de contrapartida da entidade) para elaboração do projeto arquitetônico e estrutural, execução da obra, cursos de qualificação profissional, aquisição e instalação de equipamentos, e obtenção de licença ambiental. A Seidh liberou a segunda parcela do convênio no valor de R$ 188.728,39, e com esse recurso, foi possível erguer a nova sede. Após a construção, será paga a última parcela de R$ 63.309,88, destinada à compra de equipamentos.

“Fiquei encantado com o que a ABECA produz. Não medimos esforços para apoiar as cooperativas e associações para a produção. O Baixo São Francisco sergipano é rico e produtivo. Esse é um projeto de inclusão e agrega muito valor na região porque dá emprego e renda. Os produtores de Brejo Grande possuem um projeto puro na sua essência é autossustentável. A tendência é organizar ainda mais, produzir mais e estar sempre no nicho de mercado. Não tenho dúvidas que, com a nova sede que será estruturada, a região vai se desenvolver muito mais, colocando Sergipe no mais alto patamar do Brasil em produção de pólen”, avaliou Zezinho Sobral.

A principal fonte do pólen é formada pelos coqueirais, que atraem as abelhas, sendo excelentes fornecedores. A produção não para, é o ano inteiro. Segundo Albson Bispo dos Santos, presidente da ABECA, a associação é a principal processadora da região, com capacidade de até 500 kg de pólen apícola por mês. Atualmente, o produto de Sergipe atrai olhares e consumidores do Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Tocantins, Bahia, Alagoas e Santa Catarina.

“O Projeto de Fortalecimento da Atividade Produtiva de Pólen Apícola da Região da Foz do Rio São Francisco busca o desenvolvimento profissional, a agregação de valores e a melhoria da estrutura produtiva. Com a nova sede pronta e equipada, nossa expectativa é aumentar a produção, incluir mais produtores e alcançar novos mercados. Nosso foco é o pólen, que se transformou em uma opção de renda. Alguns apicultores já conseguem tirar de 4 a 6 salários mínimos na produção. Contamos com 52 famílias associadas”, explicou o presidente.

O trabalho dos produtores da ABECA também é voltado à preservação ambiental. Tudo que é produzido é ecologicamente correto e devolvido à natureza. “O resíduo da estufa não é jogado fora e é levado de volta à abelha. Fazemos pasta para devolver. A abelha não sobrevive sem o pólen. Ela precisa dele e do mel para fazer a geleia real e alimentar as crias. Precisamos do trabalho da abelha e, ao mesmo tempo, cuidamos delas”, ressaltou Jucilene dos Santos, responsável técnica da ABECA. Ainda segundo Jucilene, com o produto qualificado, há um valor diferenciado no mercado. “Nosso sonho é ver a unidade totalmente padronizada, dentro dos critérios, para obter o selo do Serviço de Inspeção Federal (S.I.F.) do Ministério da Agricultura e ampliar nossas atividades”.

A diretora de Inclusão Produtiva da Seidh, Heleonora Cerqueira, conhece o trabalho da ABECA desde o início. Segundo ela, ver os produtores de Brejo Grande levando o nome de Sergipe para outros territórios, é motivo de orgulho. “A associação é fruto da persistência e da vontade dos apicultores. A sensibilidade do secretário Zezinho Sobral em incentivar as entidades mostra o quanto a Seidh fomenta a evolução do homem do campo. Os membros da ABECA começaram catando caranguejo e o presidente percebeu a capacidade de trabalhar com o pólen, ofertando cursos para os associados. O negócio emplacou e resultado é surpreendente. Pesquisadores e técnicos das universidades sergipanas já atestaram cientificamente a pureza do pólen. Fico feliz em conhecer a história e ver esse crescimento”, comemorou.


|Fonte e fotos: SEIDH

Brejo Grande produção apícola APL SEIDH 1

Sobre Nós

O Soma Notícias é um projeto voltado para garantir que a notícia chegue até o leitor de forma qualificada, com a confiabilidade necessária, numa forma de reportar à toda sociedade assuntos que são de interesse público. Como vivemos um momento diferenciado na comunicação, em que a importância de quem consome a notícia é mais valorizada do que nunca, o Soma Notícias vem para se somar ao objetivo de termos uma sociedade cada vez mais justa, plural e ciente de que os direitos e os deveres dos cidadãos se aplicam a todos, sem exceção. E isso só é possível se tivermos acesso a uma gama de informações confiáveis, que não abram espaço para a dúvida quanto a sua procedência. Essa é a missão do Soma Notícias. E é para executá-la que aqui estamos!

Newsletter

Deixe seu melhor e-mail para receber novidades e/ou promoções.
Somos contra Spam!