Notícias

oscar

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou, nesta terça-feira (23), os indicados ao Oscar 2018. A Forma da Água, de Guillermo del Toro, lidera as indicações com 13 categorias. Greta Gerwig foi indicada a Melhor Direção por Lady Bird - É Hora de Voar e se tornou a quinta mulher na história a concorrer na categoria.

Logan foi indicado a Melhor Roteiro Adaptado, tornando-se o primeiro filme de super-heróis a conseguir o feito. Guardiões da Galáxia Vol. 2 também foi indicado, em Melhores Efeitos Visuais.

A lista dos indicados também inclui o filme "Me Chame pelo Seu Nome", que conta com produção do brasileiro Rodrigo Teixeira, e está entre os selecionados para concorrer ao prêmio principal da noite, de melhor filme.

Além de Teixeira, outro brasileiro -- o Carlos Saldanha --, também está entre os indicados. Ele disputa o prêmio pela animação "O Touro Ferdinando", concorrendo com outras grandes produções, como "O Poderoso Chefinho", "The Breadwinner", "Viva – A Vida É uma Festa" e "Com Amor, Van Gogh".


A cerimônia de entrega do Oscar 2018 acontece em 4 de março, com cobertura completa do Omelete. Confira a lista completa aqui.

|Com informações do UOL
|Foto: Ilustração




No começo da tarde desta terça-feira (23), o Ministério Público de Sergipe ajuizou Ação de Improbidade Administrativa em face do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) e de alguns secretários da administração municipal requerendo a exoneração imediata da servidora Mônica Cristina, do cargo em comissão de Consultor Extraordinário para Assuntos Governamentais junto a Secretaria Municipal de Saúde. Pelo entendimento do MP, como a servidora é casada com o atual secretário da Fazenda, Jeferson Passos, sua permanência no serviço caracteriza-se nepotismo.

“Tendo em vista o parentesco consanguíneo em linha reta entre ambos, já que o cargo de Secretário do Município é de direção, chefia ou assessoramento e integra a estrutura administrativa do Poder Executivo do Município de Aracaju, ou seja, fazem parte da mesma pessoa jurídica”, diz um trecho do requerimento.

Segundo o MP, a “contratação e a nomeação de parentes por aqueles que detenham prerrogativas ou poder de comando no serviço público, pela sua frontal contraposição ao conjunto de regras éticas afetas à Administração Pública, revelam-se faltas ao Princípio Constitucional da Moralidade Administrativa”.

A nota do MP revela, ainda, que “apesar das Recomendações Ministeriais para que os autores da prática de nepotismo adotassem as medidas necessárias para fazer cessar a situação ilegal verificada, optaram pela manutenção da nomeação da servidora, motivo pelo qual o MP judicializou a questão”.

Todavia, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Aracaju disse estranhar essa decisão, alegando que a informação divulgada pelo MP vai de encontro a uma determinação do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE).

De acordo com a PMA, “a nomeação de Mônica Passos está dentro da legalidade, não caracterizando ato de improbidade administrativa”. A nota justifica, também, que “a nomeação de Mônica Passos ‘não possui subordinação hierárquica com a secretaria titularizada por seu esposo’ e que ‘inexiste relação de parentesco direto’ entre Mônica Passos e o prefeito Edvaldo Nogueira.

Confira a nota na íntegra

A Prefeitura de Aracaju estranha a informação divulgada pelo Ministério Público Estadual de Sergipe (MPE-SE) sobre a suposta existência de prática de nepotismo na atual gestão. Decisão do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE), do desembargador Roberto Porto, coloca a nomeação de Mônica Passos dentro da legalidade, não caracterizando ato de improbidade administrativa. Portanto, a informação divulgada pelo MPE-SE nesta terça-feira, 23, vai de encontro a uma decisão do TJ-SE. 

Na decisão, o desembargador Roberto Porto afirma que a nomeação de Mônica Passos “não possui subordinação hierárquica com a secretaria titularizada por seu esposo”. Na mesma decisão, o magistrado diz ainda que “inexiste relação de parentesco direto” entre Mônica Passos e o prefeito Edvaldo Nogueira.

Portanto, conclui o desembargador, “a recomendação do MP tem caráter eminentemente administrativo e não pode impor a prática de ato por parte de autoridade pública”. O magistrado diz com isso que não cabe ao MP impor determinação sobre o chefe do Poder Executivo Municipal.

Sobre esta decisão, conforme consta no sistema do TJ, o MP não apresentou contrarrazões.

|Por Soma Notícias/Com informações das assessorias de comunicação
|Foto: Reprodução

centro aracaju

O ano de 2018 começa com uma informação importante para a economia sergipana. Em janeiro, houve queda significativa da taxa de número de famílias que não terão condições de pagar as dívidas atrasadas (10,9%), no período de um ano. Na mesma época, em 2017, a taxa estava em 26,3%. Isso significa que as famílias, de alguma forma, podem estar propensas a consumir mais no início deste ano, bem como podem poupar dinheiro. A diminuição do número de inadimplentes é de 60% nos últimos 12 meses e esses dados são da Pesquisa de Endividamento e Intenção de Consumo (PEIC), realizada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC).

Laércio Oliveira, presidente da Fecomércio, comentou o resultado positivo da queda na inadimplência das famílias aracajuanas, atribuindo fatores para a melhoria no quadro. “A queda no número de famílias em situação de total inadimplência é muito grande e esse é um dado que deve ser comemorado. O que isso quer dizer? Que o consumidor está sabendo valorizar o seu dinheiro e organizar melhor as suas contas, para poder arcar com seus compromissos. Isso é o reflexo direto do aumento do número de empregos em nosso estado, que voltou a subir depois das medidas tomadas que voltaram a dar impulso em nossa economia. A recuperação de empregos é uma das causas da diminuição da inadimplência, pois as famílias estão podendo pagar seus compromissos novamente”, disse.

O número de famílias que se encontram com quadro de endividamento indicativo de contas em atraso também apresentou elevação, com o índice de 27,5% em janeiro deste ano. Em dezembro de 2017, essa taxa estava em 25,4%. Os números foram estudados pelo departamento de Economia da Fecomércio-SE. A PEIC é apurada mensalmente pela CNC desde janeiro de 2010.

A pesquisa também mostrou que o nível de endividamento das famílias aracajuanas elevou em janeiro, alcançando o percentual de 66,8%. O número indica um crescimento de 6,6% em relação a janeiro de 2017, quando a taxa estava em 60,2%. A elevação no número de famílias endividadas tem um significado positivo na economia também, considerando que esse é o reflexo do aumento do consumo nos meses finais do ano. As pessoas estão voltando para o comércio e adquirindo bens, injetando recursos na economia local, fomentando o desenvolvimento e a geração de emprego e renda. Ou seja, contrair dívidas em nível que seja adequado para o pagamento é bom para os consumidores, pois aumentam o seu poder de compra, desde que mantenham o compromisso de quitar seus débitos, bem como é bom para o comércio. Pois a movimentação maior de recursos injeta mais riquezas em circulação na economia, fomentando o setor produtivo, levando a uma maior geração de emprego e renda. Laércio Oliveira explica o funcionamento dessa sistemática.

b569fdad 4b15 47f8 91c5 d2ca13fc15ad

“Ter uma dívida não é ruim, o ruim é não ter controle sobre o seu endividamento. Quando uma pessoa usa o seu cartão de crédito, ela sabe que está contraindo uma dívida. Entretanto, o que parece ser ruim, não é. Pelo contrário, se usada com responsabilidade, a capacidade de endividamento do cidadão é uma maneira confiável para a pessoa ter acesso aos bens de consumo, como também estimula a geração de mais oportunidades de trabalho, pois quando a pessoa lança mão de recursos para compra, faz com que o ciclo econômico flua e aumente exponencialmente a capacidade das empresas de vender, o que gera boas consequências para o mercado de trabalho, levando a uma geração de novos empregos para os trabalhadores sergipanos. O consumo consciente leva a uma condição equilibrada de compra e administração do seu dinheiro”, comentou.

Entre as principais modalidades de dívidas, o cartão de crédito continua liderando, com 76,3% do total das famílias mencionando esse tipo de dívida como principal, seguida de crédito pessoal (26,1%). Para as famílias com rendimento de até 10 salários mínimos, 76,5% mencionaram que suas dívidas eram com cartão de crédito, já para as famílias com remuneração acima de 10 salários mensais esse percentual foi de 73,8%. Em se tratando de dívidas com crédito pessoal, para as famílias com remuneração entre um e dez salários mínimos, cerca de 26,0% declararam essa modalidade de dívida, em dezembro esse percentual foi de 22,7%.

Um indicador extremamente importante para a compreensão do endividamento das famílias é comprometimento da renda com dívidas a pagar. Em janeiro, 50,3% do total das famílias pesquisadas, com renda até 10 salários mínimos, mencionaram estar comprometidas entre 11% e 50% da renda com dívidas. Esse percentual foi inferior ao mês de dezembro (55,5%). Cerca de 34,2% do total das famílias pesquisadas, com remuneração até 10 salários, mencionaram estar com menos de 10% da sua renda comprometida com dívidas, no mês de janeiro.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto: Ilustração/Divulgação

rnestorpiva

Um ponto de ônibus da Avenida Maranhão, na Zona Norte de Aracaju, foi cenário de uma tentativa de homicídio na manhã desta terça-feira (23). A ação dos criminosos aconteceu em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nestor Piva e um homem foi atingido por disparos de arma de fogo.

Até o momento, não se sabe os motivos do crime nem quem os cometeu. Porém, populares informaram à Polícia Militar que os disparos foram efetuados por dois homens que passaram em uma moto. A vítima atingida, que não teve a identidade revelada,  foi encaminhada a um hospital da capital sergipana.

Ainda segundo populares, a vidraça do ponto de ônibus e da fachada do Nestor Piva foram atingidas.

A PM informou, também, que assim que a ocorrência foi registrada, policiais iniciaram as diligências em busca de informações e localização dos suspeitos.

|Por Soma Notícias
|Foto: Reprodução

Cestas SEIDH Janaína Dutra 4
O custo da cesta básica nordestina caiu 2,8% em 2017, após ter registrado um expressivo incremento de 20,3% no ano anterior, segundo levantamento do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), que analisa dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Considerando as capitais do Nordeste, as maiores reduções em 2017 foram verificadas em Salvador (-5,6%), São Luis (-4,2%), João Pessoa (-3,6%) e Recife (-3,0%). Seguiram Aracaju  (-2,6%), Maceió (-1,6%), Natal (-0,6%) e Fortaleza (-0,3%). Atualmente, a pesquisa não está sendo realizada em Teresina.

O Nordeste continua com a cesta básica mais barata do país. Na Região, o conjunto dos alimentos essenciais (carne, pão, banana, tomate, leite, manteiga, feijão, arroz, farinha, batata, açúcar, café e óleo) pode ser adquirido ao preço de R$ 338,05, em média.  Em termos de valores monetários, Fortaleza (R$ 367,45), Maceió (R$ 349,40) e Aracaju (R$ 340,02)  possuem as cestas mais caras da Região. Seguem São Luis (R$ 334,13), Recife (R$ 332,15) e Natal (R$ 331,18). João Pessoa (R$ 329,52) e Salvador (R$ 316,65) finalizaram 2017 com as cestas mais baratas do Nordeste. 

Especificamente no Nordeste, os produtos da cesta com as maiores variações em 2017 foram: banana (+11,7%) em Fortaleza; pão (+4,5%) em Salvador; leite (+1,6%) em Fortaleza; e carne (+1,0%) em Natal.  Os maiores recuos do ano foram verificados no preço do feijão  (-40,2%) em Salvador; tomate (-17,0%) em João Pessoa; leite (-12,1%) em Recife; banana (-10,6%) em Salvador; pão (-5,1%) em Aracaju; e carne (-4,5%) em Salvador.

|Fonte: BNB

Uma mulher ameaçou os funcionários da Unidade de Saúde Eunice Barbosa, localizada no bairro Coqueiral, Zona Norte de Aracaju, na manhã desta terça-feira (23). Segundo informações de populares, a jovem exigia ser atendida com exclusividade e, por ter recebido a orientação de que o atendimento seria realizado conforme as senhas distribuídas, tentou agredir os servidores com uma faca.

Policiais militares estavam no local e contiveram a mulher -- que confessou ser usuária de drogas e estaria em abstinência. Após ação dos policiais, a jovem foi encaminhada à uma delegacia da região.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que, seguindo um pedido da polícia, unidade foi fechada temporariamente, no entanto, o atendimento ao público deve voltar a normalidade ainda hoje.

|Por Soma Notícias
|Foto: Ilustração

Mais duas pessoas foram vítimas da violência em nosso Estado. O relatório de ocorrências divulgado, na manhã desta terça-feira (23), pelo Instituto Médico Legal de Sergipe revela que dois homens foram assassinados na capital e Grande Aracaju nas últimas 24h. Em ambos os casos, o uso de arma de fogo esteve presente.

Segundo relatório do IML, Sandro dos Santos Almeida, de 38 anos, morreu no bairro Coroa do Meio, Zona Sul de Aracaju, no início da noite desta segunda-feira (22). Já José Anderson de Jesus, 32, foi vítima de homicídio no Parque dos Farois, localizado em Nossa Senhora do Socorro.

A Polícia Militar foi chamada em ambos os casos, mas, até o momento, nenhum envolvido nos dois assassinatos foi identificado e localizado.

Acidentes

O IML também registrou a morte de outras duas pessoas provenientes de acidentes de trânsito. Em uma das ocorrências, a vítima foi identificada como Denilde Santos, 38 anos, e morreu em decorrência de um capotamento no veículo que se encontrava. O fato aconteceu no povoado Costa do Pau D'arco, em Itaporanga d'Ajuda.

A outra vítima de acidente continua sem identificação, mas, ainda conforme relatório do IML, é do sexo masculino e morreu no povoado Cacimba, em Poço Verde.

|Por Soma Notícias
|Foto: Ilustração

Pai e filhos foram presos suspeito de cometerem tentativa de homicídio na cidade de Capela, localizada a 67km de Aracaju. Segundo informações da Polícia Civil do município, dois homens e um adolescente -- todos da mesma família -- teriam tentado matar um homem num assentamento do Movimento Sem-Terra (MST) que estava no povoado Miranda, zona rural, em novembro de 2017.

Após dois meses de investigação, a delegada Mariana Amorim, que é responsável pelo caso, concluiu que os três seriam responsáveis pelo ato criminoso que, possivelmente, foi motivado por problemas “relacionados à divisão de terra”.

No inquérito policial, consta que os suspeitos “foram ao assentamento com armas brancas e paus e atentaram contra a vida de um outro agricultor -- que teve a identidade preservada --, e, após o crime, os dois suspeitos e o adolescente fugiram do município”. Desta forma, foi pedido o cumprimento de mandado de preventiva contra Carlos Alberto de Andrade, popularmente conhecido como "Beto", 47 anos, e Carlos Magno Santos Andrade, vulgo "Bambino", 18 anos, e apreensão de um menor de idade, também envolvido no crime.

O trio foi localizado em povoado do município e, durante ação dos policiais, uma escopeta e munições também foram apreendidas.

|Por Soma Notícias/Com informações da SSP
|Foto: Ilustração

Sobre Nós

O Soma Notícias é um projeto voltado para garantir que a notícia chegue até o leitor de forma qualificada, com a confiabilidade necessária, numa forma de reportar à toda sociedade assuntos que são de interesse público. Como vivemos um momento diferenciado na comunicação, em que a importância de quem consome a notícia é mais valorizada do que nunca, o Soma Notícias vem para se somar ao objetivo de termos uma sociedade cada vez mais justa, plural e ciente de que os direitos e os deveres dos cidadãos se aplicam a todos, sem exceção. E isso só é possível se tivermos acesso a uma gama de informações confiáveis, que não abram espaço para a dúvida quanto a sua procedência. Essa é a missão do Soma Notícias. E é para executá-la que aqui estamos!

Newsletter

Deixe seu melhor e-mail para receber novidades e/ou promoções.
Somos contra Spam!