Soma Notícias

Soma Notícias

oscar

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou, nesta terça-feira (23), os indicados ao Oscar 2018. A Forma da Água, de Guillermo del Toro, lidera as indicações com 13 categorias. Greta Gerwig foi indicada a Melhor Direção por Lady Bird - É Hora de Voar e se tornou a quinta mulher na história a concorrer na categoria.

Logan foi indicado a Melhor Roteiro Adaptado, tornando-se o primeiro filme de super-heróis a conseguir o feito. Guardiões da Galáxia Vol. 2 também foi indicado, em Melhores Efeitos Visuais.

A lista dos indicados também inclui o filme "Me Chame pelo Seu Nome", que conta com produção do brasileiro Rodrigo Teixeira, e está entre os selecionados para concorrer ao prêmio principal da noite, de melhor filme.

Além de Teixeira, outro brasileiro -- o Carlos Saldanha --, também está entre os indicados. Ele disputa o prêmio pela animação "O Touro Ferdinando", concorrendo com outras grandes produções, como "O Poderoso Chefinho", "The Breadwinner", "Viva – A Vida É uma Festa" e "Com Amor, Van Gogh".


A cerimônia de entrega do Oscar 2018 acontece em 4 de março, com cobertura completa do Omelete. Confira a lista completa aqui.

|Com informações do UOL
|Foto: Ilustração




No começo da tarde desta terça-feira (23), o Ministério Público de Sergipe ajuizou Ação de Improbidade Administrativa em face do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) e de alguns secretários da administração municipal requerendo a exoneração imediata da servidora Mônica Cristina, do cargo em comissão de Consultor Extraordinário para Assuntos Governamentais junto a Secretaria Municipal de Saúde. Pelo entendimento do MP, como a servidora é casada com o atual secretário da Fazenda, Jeferson Passos, sua permanência no serviço caracteriza-se nepotismo.

“Tendo em vista o parentesco consanguíneo em linha reta entre ambos, já que o cargo de Secretário do Município é de direção, chefia ou assessoramento e integra a estrutura administrativa do Poder Executivo do Município de Aracaju, ou seja, fazem parte da mesma pessoa jurídica”, diz um trecho do requerimento.

Segundo o MP, a “contratação e a nomeação de parentes por aqueles que detenham prerrogativas ou poder de comando no serviço público, pela sua frontal contraposição ao conjunto de regras éticas afetas à Administração Pública, revelam-se faltas ao Princípio Constitucional da Moralidade Administrativa”.

A nota do MP revela, ainda, que “apesar das Recomendações Ministeriais para que os autores da prática de nepotismo adotassem as medidas necessárias para fazer cessar a situação ilegal verificada, optaram pela manutenção da nomeação da servidora, motivo pelo qual o MP judicializou a questão”.

Todavia, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Aracaju disse estranhar essa decisão, alegando que a informação divulgada pelo MP vai de encontro a uma determinação do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE).

De acordo com a PMA, “a nomeação de Mônica Passos está dentro da legalidade, não caracterizando ato de improbidade administrativa”. A nota justifica, também, que “a nomeação de Mônica Passos ‘não possui subordinação hierárquica com a secretaria titularizada por seu esposo’ e que ‘inexiste relação de parentesco direto’ entre Mônica Passos e o prefeito Edvaldo Nogueira.

Confira a nota na íntegra

A Prefeitura de Aracaju estranha a informação divulgada pelo Ministério Público Estadual de Sergipe (MPE-SE) sobre a suposta existência de prática de nepotismo na atual gestão. Decisão do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE), do desembargador Roberto Porto, coloca a nomeação de Mônica Passos dentro da legalidade, não caracterizando ato de improbidade administrativa. Portanto, a informação divulgada pelo MPE-SE nesta terça-feira, 23, vai de encontro a uma decisão do TJ-SE. 

Na decisão, o desembargador Roberto Porto afirma que a nomeação de Mônica Passos “não possui subordinação hierárquica com a secretaria titularizada por seu esposo”. Na mesma decisão, o magistrado diz ainda que “inexiste relação de parentesco direto” entre Mônica Passos e o prefeito Edvaldo Nogueira.

Portanto, conclui o desembargador, “a recomendação do MP tem caráter eminentemente administrativo e não pode impor a prática de ato por parte de autoridade pública”. O magistrado diz com isso que não cabe ao MP impor determinação sobre o chefe do Poder Executivo Municipal.

Sobre esta decisão, conforme consta no sistema do TJ, o MP não apresentou contrarrazões.

|Por Soma Notícias/Com informações das assessorias de comunicação
|Foto: Reprodução

centro aracaju

O ano de 2018 começa com uma informação importante para a economia sergipana. Em janeiro, houve queda significativa da taxa de número de famílias que não terão condições de pagar as dívidas atrasadas (10,9%), no período de um ano. Na mesma época, em 2017, a taxa estava em 26,3%. Isso significa que as famílias, de alguma forma, podem estar propensas a consumir mais no início deste ano, bem como podem poupar dinheiro. A diminuição do número de inadimplentes é de 60% nos últimos 12 meses e esses dados são da Pesquisa de Endividamento e Intenção de Consumo (PEIC), realizada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC).

Laércio Oliveira, presidente da Fecomércio, comentou o resultado positivo da queda na inadimplência das famílias aracajuanas, atribuindo fatores para a melhoria no quadro. “A queda no número de famílias em situação de total inadimplência é muito grande e esse é um dado que deve ser comemorado. O que isso quer dizer? Que o consumidor está sabendo valorizar o seu dinheiro e organizar melhor as suas contas, para poder arcar com seus compromissos. Isso é o reflexo direto do aumento do número de empregos em nosso estado, que voltou a subir depois das medidas tomadas que voltaram a dar impulso em nossa economia. A recuperação de empregos é uma das causas da diminuição da inadimplência, pois as famílias estão podendo pagar seus compromissos novamente”, disse.

O número de famílias que se encontram com quadro de endividamento indicativo de contas em atraso também apresentou elevação, com o índice de 27,5% em janeiro deste ano. Em dezembro de 2017, essa taxa estava em 25,4%. Os números foram estudados pelo departamento de Economia da Fecomércio-SE. A PEIC é apurada mensalmente pela CNC desde janeiro de 2010.

A pesquisa também mostrou que o nível de endividamento das famílias aracajuanas elevou em janeiro, alcançando o percentual de 66,8%. O número indica um crescimento de 6,6% em relação a janeiro de 2017, quando a taxa estava em 60,2%. A elevação no número de famílias endividadas tem um significado positivo na economia também, considerando que esse é o reflexo do aumento do consumo nos meses finais do ano. As pessoas estão voltando para o comércio e adquirindo bens, injetando recursos na economia local, fomentando o desenvolvimento e a geração de emprego e renda. Ou seja, contrair dívidas em nível que seja adequado para o pagamento é bom para os consumidores, pois aumentam o seu poder de compra, desde que mantenham o compromisso de quitar seus débitos, bem como é bom para o comércio. Pois a movimentação maior de recursos injeta mais riquezas em circulação na economia, fomentando o setor produtivo, levando a uma maior geração de emprego e renda. Laércio Oliveira explica o funcionamento dessa sistemática.

b569fdad 4b15 47f8 91c5 d2ca13fc15ad

“Ter uma dívida não é ruim, o ruim é não ter controle sobre o seu endividamento. Quando uma pessoa usa o seu cartão de crédito, ela sabe que está contraindo uma dívida. Entretanto, o que parece ser ruim, não é. Pelo contrário, se usada com responsabilidade, a capacidade de endividamento do cidadão é uma maneira confiável para a pessoa ter acesso aos bens de consumo, como também estimula a geração de mais oportunidades de trabalho, pois quando a pessoa lança mão de recursos para compra, faz com que o ciclo econômico flua e aumente exponencialmente a capacidade das empresas de vender, o que gera boas consequências para o mercado de trabalho, levando a uma geração de novos empregos para os trabalhadores sergipanos. O consumo consciente leva a uma condição equilibrada de compra e administração do seu dinheiro”, comentou.

Entre as principais modalidades de dívidas, o cartão de crédito continua liderando, com 76,3% do total das famílias mencionando esse tipo de dívida como principal, seguida de crédito pessoal (26,1%). Para as famílias com rendimento de até 10 salários mínimos, 76,5% mencionaram que suas dívidas eram com cartão de crédito, já para as famílias com remuneração acima de 10 salários mensais esse percentual foi de 73,8%. Em se tratando de dívidas com crédito pessoal, para as famílias com remuneração entre um e dez salários mínimos, cerca de 26,0% declararam essa modalidade de dívida, em dezembro esse percentual foi de 22,7%.

Um indicador extremamente importante para a compreensão do endividamento das famílias é comprometimento da renda com dívidas a pagar. Em janeiro, 50,3% do total das famílias pesquisadas, com renda até 10 salários mínimos, mencionaram estar comprometidas entre 11% e 50% da renda com dívidas. Esse percentual foi inferior ao mês de dezembro (55,5%). Cerca de 34,2% do total das famílias pesquisadas, com remuneração até 10 salários, mencionaram estar com menos de 10% da sua renda comprometida com dívidas, no mês de janeiro.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto: Ilustração/Divulgação

rnestorpiva

Um ponto de ônibus da Avenida Maranhão, na Zona Norte de Aracaju, foi cenário de uma tentativa de homicídio na manhã desta terça-feira (23). A ação dos criminosos aconteceu em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nestor Piva e um homem foi atingido por disparos de arma de fogo.

Até o momento, não se sabe os motivos do crime nem quem os cometeu. Porém, populares informaram à Polícia Militar que os disparos foram efetuados por dois homens que passaram em uma moto. A vítima atingida, que não teve a identidade revelada,  foi encaminhada a um hospital da capital sergipana.

Ainda segundo populares, a vidraça do ponto de ônibus e da fachada do Nestor Piva foram atingidas.

A PM informou, também, que assim que a ocorrência foi registrada, policiais iniciaram as diligências em busca de informações e localização dos suspeitos.

|Por Soma Notícias
|Foto: Reprodução

Cestas SEIDH Janaína Dutra 4
O custo da cesta básica nordestina caiu 2,8% em 2017, após ter registrado um expressivo incremento de 20,3% no ano anterior, segundo levantamento do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), que analisa dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Considerando as capitais do Nordeste, as maiores reduções em 2017 foram verificadas em Salvador (-5,6%), São Luis (-4,2%), João Pessoa (-3,6%) e Recife (-3,0%). Seguiram Aracaju  (-2,6%), Maceió (-1,6%), Natal (-0,6%) e Fortaleza (-0,3%). Atualmente, a pesquisa não está sendo realizada em Teresina.

O Nordeste continua com a cesta básica mais barata do país. Na Região, o conjunto dos alimentos essenciais (carne, pão, banana, tomate, leite, manteiga, feijão, arroz, farinha, batata, açúcar, café e óleo) pode ser adquirido ao preço de R$ 338,05, em média.  Em termos de valores monetários, Fortaleza (R$ 367,45), Maceió (R$ 349,40) e Aracaju (R$ 340,02)  possuem as cestas mais caras da Região. Seguem São Luis (R$ 334,13), Recife (R$ 332,15) e Natal (R$ 331,18). João Pessoa (R$ 329,52) e Salvador (R$ 316,65) finalizaram 2017 com as cestas mais baratas do Nordeste. 

Especificamente no Nordeste, os produtos da cesta com as maiores variações em 2017 foram: banana (+11,7%) em Fortaleza; pão (+4,5%) em Salvador; leite (+1,6%) em Fortaleza; e carne (+1,0%) em Natal.  Os maiores recuos do ano foram verificados no preço do feijão  (-40,2%) em Salvador; tomate (-17,0%) em João Pessoa; leite (-12,1%) em Recife; banana (-10,6%) em Salvador; pão (-5,1%) em Aracaju; e carne (-4,5%) em Salvador.

|Fonte: BNB

Uma mulher ameaçou os funcionários da Unidade de Saúde Eunice Barbosa, localizada no bairro Coqueiral, Zona Norte de Aracaju, na manhã desta terça-feira (23). Segundo informações de populares, a jovem exigia ser atendida com exclusividade e, por ter recebido a orientação de que o atendimento seria realizado conforme as senhas distribuídas, tentou agredir os servidores com uma faca.

Policiais militares estavam no local e contiveram a mulher -- que confessou ser usuária de drogas e estaria em abstinência. Após ação dos policiais, a jovem foi encaminhada à uma delegacia da região.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que, seguindo um pedido da polícia, unidade foi fechada temporariamente, no entanto, o atendimento ao público deve voltar a normalidade ainda hoje.

|Por Soma Notícias
|Foto: Ilustração

1105445 df mindo planejamentoa81t7852

O ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, disse hoje (23) que o governo trabalha para que a votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que estipula a reforma da Previdência ocorra em fevereiro, na Câmara dos Deputados, como anunciado pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia, no ano passado. Segundo ele, o governo não cogita hipótese de votação em novembro, após as eleições.

Em entrevista ao programa Por dentro do governo, da TV NBR, hoje (23), o ministro ressaltou que a reforma é necessária, na visão do governo, para equilibrar as contas públicas. "O tamanho do bolo não aumenta indefinidamente. Está limitado à arrecadação. Se o governo está gastando 57% [do Orçamento] com Previdência, sobram 43% para outras áreas. Se a Previdência aumenta, e ela está avançando, engolindo espaço das outras despesas, se isso não para, chega o momento que só tem Previdência", disse.

A reforma propõe a adoção de uma idade mínima - de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres - e regras de transição com intuito de equilibrar as contas públicas para os próximos anos. Conforme a proposta, trabalhadores do setor privado e servidores públicos deverão seguir as mesmas regras, com um teto de R$ 5,5 mil para se aposentar, e sem a possibilidade de acumular benefícios. Para trabalhadores rurais, idosos e pessoas com deficiência, sem condições de sustento, as regras não sofrerão mudanças.

Por se tratar de uma PEC, para ser aprovada, a reforma da Previdência precisa ter três quintos dos 513 deputados, ou seja, 308 votos, em dois turnos de votação.

Ontem (22), o governo divulgou que, considerando os dois regimes, o próprio e o geral, a Previdência acumulou um déficit, em 2017, de R$ 268,799 bilhões. Somente o regime geral, gerido pelo  Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), teve um déficit de R$ 182,45 bilhões. No regime próprio de servidores públicos e militares, o déficit foi de R$ 86,349 bilhões.

Dyogo Oliveira ressaltou que o regime atual é distorcido, que o INSS, embora acumule maior déficit, atende 30 milhões de pessoas. Já o regime próprio, 1 milhão de pessoas. Segundo ele, a reforma pretende corrigir essas distorções.

Perguntado, no entanto, sobre uma possível reforma que inclua militares, contados também no regime próprio, Oliveira afirmou que o governo irá negociar a questão. "Os militares não estão incluídos na PEC da Previdência e, à medida em que avança a PEC, poderemos voltar a ter a negociação com os militares para tratar de melhorar a equação previdenciária deles".

O ministro acrescentou, no entanto, que o sistema militar é diferenciado, uma vez que há o regime de reserva. "O militar nunca está aposentado, sempre está a disposição das Forças Armadas para eventual necessidade".

Contingenciamento

Sem a aprovação de medidas que ampliariam a margem do orçamento governamental para este ano, Oliveira disse que os números preliminares "indicam que, com certeza, haverá algum nível de contingenciamento". Ele ressaltou que o governo ainda revisa as estimativas e que não tem valor fechado de quanto serão os cortes neste ano. No ano passado, as propostas iniciais de contingenciamentos chegaram a quase 40% do orçamento de áreas como Ciência e Tecnologia.

O ministro disse ainda que o valor do salário mínimo para este ano, de R$ 954, não será revisto. O valor ficou R$ 11 menor do que o previsto inicialmente no Orçamento de 2018, aprovado no Congresso no valor de R$ 965. O salário-mínimo, até o ano passado, era de R$ 937. O valor, que ficou abaixo da inflação, foi questionado pela Força Sindical e o Sindicato Nacional dos Aposentados, que recorreram ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo o ministro, o governo federal cumpriu a lei que determina o reajuste (Lei 12.382/2011). Pela lei, o reajuste é dado pela inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Em 2017, o INPC foi 2,07%. O reajuste ficou em 1,8%. Oliveira ressaltou que o INPC é divulgado no início do ano, após o anúncio do reajuste, que começa a valer no dia 1º de janeiro. Isso faz com que o valor seja baseado em uma previsão.

"Ficou um pouquinho abaixo da inflação, porque no ano anterior tinha ficado um pouquinho acima. A lei diz que, quando fica acima em um ano, no outro pode ficar abaixo", afirmou. "Isso que estar sendo feito foi feito todos os anos, não há nada de estranho", acrescentou. "Este ano já foi divulgado, não há motivo para haver alterações e descumprir a lei".

|Fonte: Agência Brasil
|Foto: José Cruz/Agência Brasil

xGlobocop.jpg.pagespeed.ic.9dL1AqQwRE

Um helicóptero da Rede Globo -- chamado popularmente de Globocop -- caiu na Praia do Pina, Zona Sul de Recife, pouco depois de transmitir imagens para o programa de TV "Bom Dia Pernambuco", por volta das 6h desta terça-feira. Segundo informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o acidente com o helicóptero deixou duas pessoas mortas e uma ferida, que foi levada para o Hospital da Restauração.

O passageiro ferido sofreu vários traumas e chegou à unidade de saúde em choque e em estado gravíssimo. No momento, ele passa por uma cirurgia, que deverá durar por cerca de três ou quatro horas, informou a assessoria de imprensa do hospital.

De acordo com o site "G1', o helicóptero levava funcionários da empresa Helisae, que presta serviços para a TV Globo. A aeronave era pilotada pelo comandante Daniel Galvão, que morreu no local. Também estavam a bordo o operador de transmissão Miguel Brendo, que foi socorrido, e a primeira-sargento da Aeronáutica Lia Maria Abreu de Souza, supervisora da empresa proprietária do helicóptero, que também faleceu.

|Fonte e Foto: O Globo

Mais duas pessoas foram vítimas da violência em nosso Estado. O relatório de ocorrências divulgado, na manhã desta terça-feira (23), pelo Instituto Médico Legal de Sergipe revela que dois homens foram assassinados na capital e Grande Aracaju nas últimas 24h. Em ambos os casos, o uso de arma de fogo esteve presente.

Segundo relatório do IML, Sandro dos Santos Almeida, de 38 anos, morreu no bairro Coroa do Meio, Zona Sul de Aracaju, no início da noite desta segunda-feira (22). Já José Anderson de Jesus, 32, foi vítima de homicídio no Parque dos Farois, localizado em Nossa Senhora do Socorro.

A Polícia Militar foi chamada em ambos os casos, mas, até o momento, nenhum envolvido nos dois assassinatos foi identificado e localizado.

Acidentes

O IML também registrou a morte de outras duas pessoas provenientes de acidentes de trânsito. Em uma das ocorrências, a vítima foi identificada como Denilde Santos, 38 anos, e morreu em decorrência de um capotamento no veículo que se encontrava. O fato aconteceu no povoado Costa do Pau D'arco, em Itaporanga d'Ajuda.

A outra vítima de acidente continua sem identificação, mas, ainda conforme relatório do IML, é do sexo masculino e morreu no povoado Cacimba, em Poço Verde.

|Por Soma Notícias
|Foto: Ilustração

26175061 1951837891802970 1210265469 n

Sombra, mar, tranquilidade e água fresca. Essa combinação deve povoar o sonho de muitas pessoas, não é mesmo? E quer saber de uma coisa? Tem uma sergipana arretada que desfruta dessa vida há algum tempo. Onze anos para ser mais exato. O nome dela é Ana Paula Silva, tem 45 anos, e, desde 2006, vive numa pequena cidade chamada Santa Cruz, localizada na Ilha da Madeira, território de Portugal.

A pequena ilha, distante quase mil quilômetros de Lisboa, capital portuguesa, foi escolhida pela terapeuta para morar por uma razão simples: espiritualidade. “Vim para cá em busca de conhecimentos esotéricos. Precisava me encontrar como pessoa e, também, conhecer os lugares de minhas vidas passadas”, resume.

E, desde que chegou, é justamente isso que tem feito. “Aqui, eu ajudo as pessoas através das minhas terapias esotéricas. E, graças ao caminho que busquei, consegui desenvolver um método para ajudar e levantar as pessoas que estão com depressão e problemas correlacionados. Sou formada em Reiki e uso pedras orgonite, para curar as pessoas. E, também, faço alinhamento de chakras, que, às vezes, encontro desarmonizados”.

26996401 1951836295136463 1492338893 n

O orgonite, citado por ela, é um tipo de pedra utilizada como catalisador e sua principal função é transformar energia negativa em positiva. Já os chakras, segundo a filosofia iogue, são centros energéticos dentro do corpo humano, que distribuem a energia (prana) através de canais (nadis) que nutrem órgãos e sistemas.

O local escolhido para morar tem, além da razão espiritual, uma outra explicação: o clima é bastante semelhante com o do nordeste brasileiro. Fator que, para a terapeuta, faz-se sentir um pouco em casa. “As pessoas aqui são muito parecidas com o nosso povo de Aracaju. São pessoas alegres, amigáveis. Escolhi a Ilha da Madeira para morar também por isso. É uma Ilha linda, e possui um clima quase tropical que traz muita paz e harmonia. Fiz muitas amizades por aqui, é bom de viver”, relata.

Nordestina, sim!

Casada com um madeirense, Ana Paula já possui a dupla nacionalidade, mas não esconde a saudade de sua terra. “Hoje sou casada, tenho uma filha portuguesa de 10 anos, a Vitória Lessa, que é uma menina linda e muito inteligente. É até interessante falar nisso, porque as pessoas daqui a tratam de um modo especial, por ser filha de brasileira. Mas também sou mãe de Mirella Freitas, minha menina mais velha. A artista da casa. Ela é atriz e cantora de ópera aí em Sergipe. Poucas pessoas sabem, mas eu sou filha do cantor Sergio Silva, o príncipe do Brega, que é pernambucano de nascimento, mas foi radicado em Aquidabã, interior sergipano. Minha mãe era cabeleira, mas já se aposentou e, aí em Aracaju, tenho três irmãos. Todos eles são minha saudade diária”, conta.

E é justamente quando fala em saudade que a terapeuta faz questão de relembrar suas origens. “Ave Maria!, o aperto no peito é grande. Sabe, para mim é ainda mais difícil quando o período junino chega. Quando é tempo de São João, mato a saudade vendo as publicações nas redes sociais. Inclusive, uso um perfil pessoal somente para publicar vídeos e fotos do nosso São João. É a festa mais linda do mundo. Eu sempre faço questão de falar de nossas tradições por aqui e todos ficam encantados ao ver as minhas publicações de vídeos sobre as festas de nossa cidade. Aracaju é a mais bonita do Brasil”, revela empolgada.

 

074bf2cd 7b30 45e6 9a6f 271d91fa6f53

O amor pelas tradições nordestinas não se limita a simples posts na internet. Ana Paula é do tipo que faz questão de contar para todo mundo como é a nossa cultura e quais as principais festividades que acontecem no estado. “Quando eu falo dos costumes de Aracaju e o modo como falamos, os Madeirenses ficam encantados. Os portugueses gostam muito das tradições do nosso Brasil, por isso eu amo divulgar tudo que nosso estado possui”.

“Falo tanto do forró nordestino aqui que alguns amigos foram conhecer e amaram”, acrescenta.

Colocando tudo na balança

Decidir morar em um país diferente tem lá seus contratempos. No entanto, Ana Paula diz que buscou em suas raízes a força necessária para conquistar cada degrau. “No começo, sofri um pouco e passei por algumas situações delicadas. Mas vocês sabem como é nordestino, né? A gente tem garra e conquista com a nossa honestidade, humildade e carinho qualquer coração do mundo. E é com a ajuda de Deus que eu tenho conseguido trilhar meu caminho por aqui. Hoje, através de meu trabalho, sou bastante conhecida aqui e sou muito bem tratada”.

Embora já esteja há mais de dez anos fora de sua terra natal e tenha se estabelecido legalmente em outro país, ela conta que algumas situações ainda são corriqueiras.

26996283 1951836971803062 378666417 n

“Existe algo que ainda é muito comum por aqui: muitas pessoas associam a mulher brasileira à prostituição, pois, infelizmente, muitas viajam a outros países, buscando melhorias de vida e caem em armadilhas como essa. Por isso é perigoso sair sem rumo. O melhor mesmo é contar com pessoas que conhecem há muito tempo e se preparar e ter mais informações, através de agências de turismo ou Polícia Federal. Pois, infelizmente, isso ainda existe. Mas, no meu caso, graças a Deus e Nossa Senhora de Aparecida, foi ao contrário. Vim mesmo a passeio, conheci o meu marido, casamos e fiquei por aqui”, explica.

“Os portugueses gostam do Brasil. Mas pensam que o nosso país se limita ao Rio de Janeiro e São Paulo, pois, por aqui, o noticiário exibe mais coisas de lá e só passam notícias de desgraças, violência e favelas, que é o lado negativo do Brasil. E, por causa disso, muitos pensam que o Brasil é um país ruim. Mas eu venho lutando para mostrar que nossa terra, apesar de todos esses problemas, tem lugares e culturas belas. E sempre uso Aracaju como por exemplo. Eu não tenho vergonha de onde eu vim e tenho mesmo e orgulho de ser aracajuana”.

Todavia, para ela, os pontos positivos ainda superam todo o estigma que ainda insiste em estereotipar o povo brasileiro. “Viver longe nos permite conhecer novas culturas e costumes. E aqui, por exemplo, o povo se parece demais com o nosso povo aracajuano: são calorosas e dão valor a sua gente e a cultura que possuem. São acolhedores e nos faz sentir-se em casa”, finaliza.

|Por Soma Notícias
|Fotos: Arquivo Pessoal

Pagina 1 de 150

Sobre Nós

O Soma Notícias é um projeto voltado para garantir que a notícia chegue até o leitor de forma qualificada, com a confiabilidade necessária, numa forma de reportar à toda sociedade assuntos que são de interesse público. Como vivemos um momento diferenciado na comunicação, em que a importância de quem consome a notícia é mais valorizada do que nunca, o Soma Notícias vem para se somar ao objetivo de termos uma sociedade cada vez mais justa, plural e ciente de que os direitos e os deveres dos cidadãos se aplicam a todos, sem exceção. E isso só é possível se tivermos acesso a uma gama de informações confiáveis, que não abram espaço para a dúvida quanto a sua procedência. Essa é a missão do Soma Notícias. E é para executá-la que aqui estamos!

Newsletter

Deixe seu melhor e-mail para receber novidades e/ou promoções.
Somos contra Spam!