Cultura

WhatsApp Image 2018 02 06 at 17.19.02

Um novo espetáculo, com novos atores-bailarinos, figurinos completamente reformulados e cenários grandiosos: é desta maneira que o público sergipano contemplará o premiado e aplaudido musical “O Corcunda de Notre Dame”. Depois de quatro anos, a superprodução da Cia das Artes Tetê Nahas volta aos palcos no próximo dia 25 de fevereiro e contará com 20 artistas em cena.

A peça é baseada na obra clássica do escritor francês Victor Hugo que fala de amor, amizade e respeito, além de preconceitos existentes na sociedade. “A gente segue a versão da Disney, na verdade uma adaptação livre. É uma montagem carregada nas cores, com muita coreografia, muita expressão corporal. Sou bailarina e isso acaba sempre sendo levado a tudo que dirijo ou atuo, sou apaixonada por coreografias e a expressão corporal em si e busquei, na verdade, ter atores completos, que dançam, cantam e interpretam, é uma trabalho longo e complexo. Tem nossa garra, tem nossa força, tem nossa vontade, mas assim, de cara, o cenário (a gente refaz a catedral de Notre Dame com cenas internas, externas e na parte de cima, o chamado campanário), os figurinos chamam a atenção, mas eu destaco a movimentação cênica, a expressão corporal e os números musicais”, explica a atriz, bailarina e diretora da montagem, Tetê Nahas.

A diretora revela que a peça conta a história de Quasímodo, interpretado por ela, um corcunda que mora enclausurado, desde a infância, nos porões da catedral de Notre Dame. Um dia, Quasímodo decide sair da escuridão em que vive e conhece Esmeralda, uma bela cigana por quem se apaixona. Mas, para conseguir concretizar seu amor, ele terá que enfrentar o poderoso Claude Frollo, e seu fiel ajudante, Febo.

1461607 368540529957888 1002168430 n

Com 40 anos dedicados à arte, Tetê conta às dificuldades para montar um espetáculo de qualidade no estado. Para ela, a falta de incentivo é um dos maiores percalços para os artistas sergipanos. “Acho que o maior desafio é, sem dúvidas, o financeiro.  Fazer musicais exige uma equipe grande, exige tempo de dedicação, exige entrega total, porque é preciso cantar, dançar e interpretar e o elenco não sobrevive de teatro. Quase ninguém sobrevive disso. As grandes empresas não têm o costume de patrocinar. Além disso, o público ainda valoriza o que é de fora e não podemos cobrar valores altos, ou justos, pois corremos o risco de apresentar para poucas pessoas. O público sergipano nos respeita, mas tem o sentimento de ‘pertencimento”, por a peça ser daqui ele sente que ela deva ser ‘mais barata’ ou até mesmo de graça, mas temos despesas a pagar”, pontua.

Mas quem quiser que pense que essas dificuldades desanimam a atriz. Apaixonada pelo mundo das artes, Tetê se dedica por completo às produções e não mede esforços para continuar levando o teatro para o seu público. Com ‘O corcunda de Notre Dame’, não foi diferente. “Eu não gosto de lamentações e mimimi, sou muito prática, por isso, eu e meu marido optamos por juntar nosso dinheiro e investir pesado. E, assim, fizemos até agora. É um resultado a médio e longo prazo, mas não tenho do que reclamar. Já lotamos os teatros Tobias Barreto e o Atheneu. Temos o apoio da imprensa, a credibilidade e a torcida do público, o respeito da classe artística, o reconhecimento de fora (ganhamos o prêmio Myriam Muniz do Ministério da Cultura em 2013 e Recorde de Público da Prefeitura de São Paulo em 2014) em apenas de cinco anos de atividades. Nosso maior desafio na verdade, é resistir e insistir. E buscar fazer sempre o diferencial e o melhor para o público”, conclui.

1465325 368534359958505 674521139 n

Os ingressos estão à venda nas redes sociais da Cia das Artes Tetê Nahas e na bilheteria do Teatro Tobias Barreto, que funciona de terça a sexta feira, das 12h00 às 19h00. O valor promocional é de R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).

|Por Soma Notícias
|Fotos: Vinícius Fontes e Fernanda Mota

 

1

“Sucesso absoluto”. É desta forma que os organizadores do “Bloco Saudoso Tuca” definem a 7ª edição do evento. Realizado no último domingo, 4, pelas principais ruas do Siqueira Campos, zona oeste da cidade, o bloco reuniu cerca de 3 mil foliões que colaboraram através da doação de donativos e se divertiram ao som da Banda Água de Cheiro fazendo jus ao tema do bloco, “Diversão e Solidariedade”.

Sem fins lucrativos, o tradicional desfile carnavalesco, que faz parte do calendário de comemorações oficiais do município, é uma forma de homenagem dos moradores da região e do vereador Anderson de Tuca (PRTB), ao seu pai Antônio Vieira da Silva Neto, “Tuca do Siqueira Campos”, morador ilustre do bairro que realizava trabalhos sociais.

“O sentimento é de gratidão. Iniciamos os trabalhos bem antes do Carnaval. Não é, e nem tem sido fácil organizar um bloco dessa proporção. Nosso intuito, além da solidariedade, é proporcionar às famílias que saem de suas casas para nos prestigiar, reviver a magia e tranquilidade dos antigos carnavais de rua. A cada ano surgem mais obstáculos, hoje, por sinal, tivemos alguns contratempos, mas o brilho da nossa festa prevaleceu. Com a ajuda dos meus amigos, colaboradores, e, principalmente dos foliões, que confiam na credibilidade do evento, a 7ª edição do Saudoso Tuca já deixa saudades”, disse Anderson de Tuca, feliz com o número de arrecadação de alimentos.

4

Uma das caraterísticas do bloco é valorizar as músicas que fizeram sucesso nos antigos carnavais. Com um repertório contagiante, a banda Água de Cheiro que já é marca registrada do evento, embalou a multidão ao som de “Ô abre alas”, “Mamãe eu quero” e “Aurora”, umas das mais conhecidas marchinhas carnavalescas. “Estou emocionada! Que festa linda. Voltei, literalmente, aos anos 80. Participo todos os anos. Nessa festa me sinto jovem e relembro a época que brincávamos Carnaval com tranquilidade”, ressaltou Sônia Maria.

Luciana Silva, moradora do bairro América, certamente era uma das mais alegres do bloco, e fez questão de parabenizar os organizadores do evento por mais uma edição de sucesso. “O ano passado não pude vir. Mas este ano fiz questão de prestigiar o Saudoso Tuca. A gente se diverte e ainda ajuda quem precisa. Fico feliz em saber que os alimentos serão doados para quem tanto precisa. Realmente faz sentido o tema do boco. “Diversão e Solidariedade”, pontuou.

Por fim, Anderson de Tuca agradeceu aos foliões que permaneceram no local para prestigiar a festa, apesar de alguns transtornos ao longo do percurso. “Infelizmente, imprevistos acontecem. Logicamente, trabalhamos para que isso não aconteça, pelo contrário. Quero agradecer a cada folião que entendeu e permaneceu no local até o último instante. Fizemos o possível para dar continuidade ao bloco com a mesma essência e, no final deu certo. Graças a Deus”, concluiu.

|Fonte e Fotos: Assessoria de Comunicação

10 rasgadinhos 1dia fot marcosrodrigues 696x464
Aracaju tem se tornado, nos últimos anos, um roteiro para quem quer viajar no Carnaval. Isso porque, além de oferecer programação carnavalesca, a cidade também proporciona ao turista um pouco de descanso, já que a capital sergipana não está dentre os destinos tradicionais de Carnaval.

Mesmo após o fim do Pré-Caju, a população não deixou de lado a tradição de pular o carnaval na rua, desenvolvendo e fortalecendo os chamados ‘bloquinhos de rua’, além das festas já tradicionais, como o carnaval do Carro Quebrado e o Rasgadinho.

A novidade este ano é a mudança de nome da festa do Rasgadinho para Festival Brasileiro de Ritmos – Rasgadinho. O Governo do Estado já abriu edital para seleção dos artistas que irão se apresentar, de 09 a 13 de fevereiro. Saiba mais aqui.

Por isso, separe a fantasia, a alegria. Carnaval 2018: confira 10 opções de bloquinhos em Aracaju!


1-Bloquinho Etc e Tal

Data: 27/01

Local: Bar Etc e Tal, no conjunto Sol Nascente

Valor: gratuito

Atrações: Banda Toda Boa (axé antigo e marchinhas de carnaval)

2-Bloquinho ‘Mamãe chego já’

Data: 27/01 a partir das 14h

Local: Boteco Chego Já, no bairro Grageru

Valor: não informado

Atrações: Banda Quinto Round

3-Bloquinho ‘Deu, tá dado’

Data: 04/02 a partir das 16h

Local: 705 (Avenida Tancredo Neves, bairro Inácio Barbosa)

Valor: R$ 10

Atrações: não divulgadas

4-Bloquinho ‘Por amor ao Iate’

Data: 28/01 a partir das 13h

Local: Iate Clube de Aracaju

Valor: não informado

Atrações: Banda Água de Cheiro e Karla Isabella

 
5-Carnaval do Carro Quebrado

Data: 02 e 03/02 a partir das 19h

Local: Largo do Carro Quebrado, no bairro São José

Valor: gratuito

Atrações: Na sexta (02/02), as Orquestras Topazio e Los Guaranis e  os Indomáveis do Frevo.

No sábado, 03/02, Os Indomáveis do Frevo, Orquestra Geração do Frevo e Medeiros e Orquestra.


6-Bloco Job da Madrugada

Data: 03/02 a partir das 16h

Local: concentração da Insight Propaganda

Valor: R$ 60 (open bar)

Atrações: banda de frevo

7-Bloco ‘Só se fico se você não só se for’

Data: 03/02 a partir das 16h

Local: Rua Celso Oliva, número 141

Valor: não informado

Atrações: Banda Cajuína do Frevo

8-Pré-Carnaval & Feijoada Cabeçaju

Data: 04/02

Local: Clube do Banese

Valor: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Atrações: Ronise Ramos e Raffael Oliveira

9-Bloco Cajuranas

Data: 10/02

Local: Rua Estância, em frente ao Colégio Amadeus

Valor: R$ 100

Atrações: Cajubanda (Chiclete com Banana cover)

10- BloKinho do Inácio

Data: 03/02

Local: Boteco do Farreiro, no Inácio Barbosa

Valor: não informado

Atrações: Cantor Kinho Farreiro + mini trio

 

|Com informações de: Comunicação VIP
|Foto: Marcos Rodrigues/Arquivo PMA

Festival Sergipano de Artes Cênicas PRITTY REIS

O IV Festival Sergipano de Artes Cênicas continua com inscrições abertas para grupos e artistas do teatro, circo e dança, sendo que nesta edição novas categorias poderão concorrer. Dessa vez, todos os participantes, sem exceções, serão definidos através do edital que, além das categorias tradicionais para artistas e grupos de Sergipe, receberá propostas de espetáculos de outros estados do país.

Outra novidade é a categoria Demanda Espontânea, voltada para projetos coletivos e expressões multiartísticas, que irá selecionar até três projetos culturais que envolvam expressões como teatro, dança, circo, música, cinema, audiovisual ou grupos culturais. Também serão selecionadas via edital escolas de dança, teatro e circo que quiserem participar, além da tradicional Maratona de Dança.

Promovido pela Secretaria de Estado da Cultura de Sergipe (Secult), o Festival acontece de 27 de março à 30 de abril, reunindo diversos espetáculos, assim como oficinas e outras atividades da área cênica. As inscrições devem ser feitas, de acordo com as orientações do edital, de forma presencial na sede da Secult ou via Correios.

Todas as informações, assim como a ficha de inscrição e o edital completo estão disponíveis no site da secretaria. Dúvidas em relação ao edital podem ser encaminhadas para o email: e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo., pelo telefone: (79) 3198-7806, no horário das 09 às 12h, ou presencialmente no Núcleo de Projetos Culturais da Secretaria de Estado da Cultura, localizada na Rua Vila Cristina, 1051, em Aracaju.

Sobre o Festival 
A caminho da sua quarta edição, o Festival Sergipano de Artes Cênicas envolve espetáculos de dança, teatro e circo, apresentados em diversos teatros e espaços públicos de Aracaju. Viabilizado pelo Fundo de Desenvolvimento Cultural e Artístico (Funcart), o evento engloba dois outros festivais que antes aconteciam separadamente: o Festival Sergipano de Teatro e a Semana de Dança. Além de apoiar o artista, o evento também busca incentivar a formação de plateia, atingindo diversos gostos e faixas etárias e levando diferentes expressões artísticas e culturais ao público.


|Fonte: Secult
|Foto: Pritty Reis

Foto Pritty Reis 8284 300x200

A Orquestra Sinfônica de Sergipe (ORSSE) vem a público informar que estão abertas as inscrições para audições do seu Coro Sinfônico. Desta vez, as vagas são destinadas a sopranos (quatro), mezzo-sopranos e contraltos (oito), tenores (oito), baixos e barítonos (oito).  O processo seletivo é isento de tarifação, sendo que a idade mínima para participação é 18 anos.

Interessados, podem realizar suas inscrições entre os dias de 25 de janeiro a 27 de fevereiro de 2018, pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. As audições acontecerão na cidade de Aracaju, na sede da Orquestra Sinfônica, localizada no Teatro Tobias Barreto, no dia 1º de março, a partir das 15h30. Não é necessária experiência ou leitura musical.

As audições pressupõem um pequeno teste de aptidão musical e o canto, a capella, de peça musical de livre escolha (popular ou erudita). Serão aprovados os candidatos que apresentarem o desempenho musical e saúde vocal satisfatória diante dos critérios em julgamento, por consenso dos membros da banca de avaliação.

O edital já está disponível no site da Cultura. A lista dos selecionados será divulgada no dia 04 de março de 2018 e poderá ser visto no site da Secult, assim como nas páginas da ORSSE e do Coro Sinfônico, no Facebook.

Sobre o Coro Sinfônico da ORSSE

O Coro Sinfônico é destinado a concertos solo e apresentações junto à Orquestra Sinfônica de Sergipe que é uma realização da Secretaria de Estado da Cultura (Secult – SE). A regência do coro é exercida pelo Maestro Daniel Freire e a orientação vocal está sob a responsabilidade da Prof.ª  Verônica Santos.

Os ensaios do coro sinfônico são noturnos, e serão oferecidas aulas de canto e estruturação musical, gratuitas, aos membros do grupo. Vale ressaltar, que a participação no Coro Sinfônico da ORSSE, que proporcionará aos selecionados orientação musical e vocal, não pressupõe ou assegura qualquer vínculo empregatício. Este é um trabalho de formação desenvolvido pela ORSSE junto à comunidade, com o intuito de potencializar o desenvolvimento do canto coral no Estado de Sergipe.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto: Pritty Reis

grande Rasgadinho Foto andreMoreira

O Festival de Ritmos Rasgadinho 2018 já tem data para acontecer: de 09 a 13 de fevereiro. O evento, que acontece todos os anos no período do carnaval, tem como principal objetivo resgatar as festas de momo tradicionais e atrair públicos de diversas idades. As inscrições para a seleção dos artistas que irão compor a programação estão abertas até as 13h do dia 24 de janeiro.

As atrações sergipanas podem se inscrever na sede da Secretaria de Estado da Cultura, mediante entrega de documentação em envelope identificado. Já os artistas ou grupos de outros estados poderão fazê-las via online através do envio do formulário de inscrição e documentação para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. Todas as informações, assim como a ficha de inscrição e o edital completo estão disponíveis no site da Secult Dúvidas em relação ao edital podem ser tiradas pelo telefone (79) 3198-7806, entre as 9h e 12h, ou presencialmente na Secult, localizada na Rua Vila Cristina, 1051, em Aracaju.

O Governo do Estado entra como realizador da festa, por meio do Ministério da Cultura, através da Funarte; e via Edital, a Secult selecionará os 27 artistas/grupos que irão compor parte da programação do evento. “Recebemos recursos do Governo Federal e faremos a seleção de artistas para o Festival Brasileiro de Ritmos – Rasgadinho, através de uma política pública já consolidada pela Secult, que é a seleção por meio de editais. Assim, democratizamos o acesso e damos a possibilidade de ainda mais grupos e artistas concorrerem a uma vaga neste grande evento”, explica o secretário João Augusto Gama.

O edital da 15ª edição do Festival Brasileiro de Ritmos – Rasgadinho irá contemplar cinco categorias sendo elas para grupos percussivos, bandas de forró tradicional, bandas ou orquestras de frevo, atrações do nordeste e artistas ou grupos com histórico musical consolidado nacionalmente. Acesse o edital aqui.

|Por Soma Notícias – com informações de Secult
|Foto: André Moreira

Saudoso Tuca 2

Para resgatar o verdadeiro Carnaval, mantendo a alegria e solidariedade, o Bloco Saudoso Tuca chega à sua 7ª edição. Sem fins lucrativos, o evento é uma forma de homenagem do vereador Anderson de Tuca ao seu pai, Antônio Vieira da Silva Neto, “Tuca do Siqueira Campos”, morador ilustre da região, que realizava trabalhos sociais.

Tendo como lema “Diversão com Solidariedade”, a finalidade da festa é arrecadar alimentos, que serão distribuídos, posteriormente, para famílias carentes de diversos bairros da capital sergipana. Para participar do bloco mais solidário de Sergipe, o folião deverá levar 2kg de alimentos não perecíveis e efetuar a troca pelo abadá.

Os alimentos deverão ser trocados a partir do próximo dia 2, das 8h às 19h, na Rua Bahia, n° 956, Siqueira Campos.

|Fonte e Foto: Assessoria de Comunicação

Vista Aerea Largo da Gente Roque Fotografia

Com previsão de entrega para março deste ano, a obra do Largo da Gente Sergipana já está 70% concluída, à frente do que determina o cronograma. A obra avança pelo Rio Sergipe na faixa concentrada em frente ao Museu da Gente Sergipana [Av. Ivo do Prado] e seus contornos já podem ser vistos a partir do deck de madeira já instalado no local. O projeto resulta de um investimento de R$ 6.425.530,80 do governo do Estado, através das Secretarias de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra) e Cultura (Secult), da Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas (Cehop) e do Instituto Banese.

Concebido pelo arquiteto e urbanista Ézio Déda, o Largo se propõe a ser um monumento de celebração à cultura popular do estado. Além de um píer, de uma área de convivência e de um atracadouro, o espaço abrigará oito esculturas de representações folclóricas sergipanas: Lambe Sujo e Caboclinhos, Chegança, Cacumbi, Taieira, Bacamarteiro, Reisado, São Gonçalo e Parafuso.

De autoria do artista plástico Tati Moreno, as imagens serão instaladas com vigas metálicas, dando a quem observa a impressão de que flutuam acima do espelho d'água. O projeto é inspirado nas esculturas dos Orixás localizadas no Dique do Tororó, em Salvador, na Bahia, que foram concebidas pelo próprio Tati Moreno. Confeccionadas em fibra de vidro e resina de poliéster, cada escultura terá 7m de altura.

A escolha das manifestações folclóricas que serão representadas nas esculturas ficou a cargo da professora, escritora, folclorista e historiadora Aglaé Fontes, que detalhou o processo de seleção. “A escolha não foi porque algum grupo é o mais importante, e sim por serem os mais representativos. A gente tem a representação das etnias formadoras da nossa cultura popular. Todos estão representados ali, tanto na Chegança com forte influência portuguesa como no Lambe Sujo e Caboclinhos, que tem toda a força da nossa africanidade e dos indígenas. O Largo da Gente Sergipana será um cartão de visitas e um espaço educativo, porque à medida que se vai vendo todo dia aquelas esculturas, fica uma semente para se ter orgulho da sua identidade cultural”, detalha Aglaé.

Em visita ao local na quarta-feira, 17, o governador Jackson Barreto afirmou que o novo cartão-postal de Aracaju será, além de uma instalação urbana, uma fonte de inspiração. “Estou aqui realizando um sonho da população de Aracaju e do povo sergipano, que sempre teve no nosso folclore uma fonte de inspiração. Estou extremamente feliz de ver essa obra andar, com a perspectiva de ser inaugurada em março, por ocasião do aniversário de Aracaju, dia 17 de março, e de deixar esse cartão-postal como mais uma lembrança do nosso governo aqui em Aracaju. Estamos fazendo uma obra para as futuras gerações. Não tenho a menor dúvida que este será um ponto de referência para fotografias e registros".

Na ocasião, Ézio Déda apresentou o projeto aos convidados e à imprensa e destacou a simbologia do projeto para a população sergipana. “Há 157 anos, o imperador Dom Pedro II chegou a Sergipe pela Ponte do Imperador, que foi construída para recebê-lo. 157 anos depois, um governo popular constrói o Largo da Gente Sergipana para receber a gente simples, humilde, que vem do interior e que salvaguarda esse patrimônio que é nosso e que precisa ser preservado para que as gerações futuras conheçam, valorizem e se orgulhem dele”, disse.

JB Largo da Gente


|Por Soma Notícias – com informações de ASN
|Foto: Roque Fotografia e Marcelle Cristinne

Sobre Nós

O Soma Notícias é um projeto voltado para garantir que a notícia chegue até o leitor de forma qualificada, com a confiabilidade necessária, numa forma de reportar à toda sociedade assuntos que são de interesse público. Como vivemos um momento diferenciado na comunicação, em que a importância de quem consome a notícia é mais valorizada do que nunca, o Soma Notícias vem para se somar ao objetivo de termos uma sociedade cada vez mais justa, plural e ciente de que os direitos e os deveres dos cidadãos se aplicam a todos, sem exceção. E isso só é possível se tivermos acesso a uma gama de informações confiáveis, que não abram espaço para a dúvida quanto a sua procedência. Essa é a missão do Soma Notícias. E é para executá-la que aqui estamos!

Newsletter

Deixe seu melhor e-mail para receber novidades e/ou promoções.
Somos contra Spam!