Especial

Reunião para deliberar sobre a Greve Geral 1

A fim de evitar ações que prejudiquem o setor produtivo, devido à Greve Geral em protesto à Reforma da Previdência, prevista para acontecer nesta terça-feira (5), representantes da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), juntamente com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), se reuniram nesta segunda-feira (4), para deliberar sobre a situação de forma que a indústria, comércio e setor de serviços não sejam atingidos.

A preocupação dos empresários e lojistas é que os respectivos estabelecimentos tenham queda no desempenho nas vendas e negócios em geral, além do risco de terem as lojas depredadas. Para as entidades, toda manifestação é válida, desde que não interfira na liberdade de ir e vir do cidadão e prejudique a cadeia produtiva. Diante da situação, as entidades avaliaram, de maneira coletiva, os meios legais de enfrentamento à Greve.

De acordo com o presidente da Acese, Marco Pinheiro, o movimento prejudica o setor produtivo em geral, incluindo trabalhadores. “Queremos garantir que, através das liminares sejam cumpridas, solicitando ao Estado que o direito constitucional de ir e vir da população seja exercido. Fechar rodovias federais, estaduais, empresas de ônibus e outras localidades impede os legítimos trabalhadores de desempenharem o seu papel, sobretudo no momento que a economia começa a se recuperar e em um mês tão importante para o comércio”, observa.

O presidente da CDL Aracaju, Brenno Barreto, destaca a importância do fim de ano para o Centro Comercial, os lojistas e consumidores. “A mobilização é aparentemente eleitoreira, realizada por sindicatos e outros movimentos que não demonstram preocupação com o bem estar ou melhoria das condições trabalhistas. Isso causará transtorno para a população, por isso, estamos buscando meios de dialogar, de forma que os prejuízos sejam minimizados. É um cuidado que devemos ter para não transformar o interesse único de uma categoria, em um problema com a população” ressalta.

Devido à conjuntura, as instituições representantes do setor produtivo em Sergipe, construíram um manifesto, em repúdio ao movimento.

Manifesto

No momento em que a economia começa sinalizar recuperação, os núcleos de algumas entidades que dizem representar a classe trabalhadora, promovem mais uma Greve Geral, a relizar-se nesta terça-feira, 5 de dezembro. A ação, como revela o histórico de situações anteriores, tem por objetivo, inclusive, o fechamento das garagens das empresas de ônibus, como meio a obter adesões involuntárias.

Diante da circunstância, a Associação Comercial e Empresarial de Sergipe – ACESE, CDL e Fecomércio-SE convidam as demais entidades patronais representantes do setor produtivo, para deliberar sobre a situação, encabeçada por esse movimento que prejudica o comércio, as vendas, a empregabilidade e, consequentemente, o desenvolvimento econômico e social do nosso estado.

As entidades empresariais reiteram que o direito à greve é importante e deve ser respeitado. No entanto, a mobilização deve ocorrer de forma ordeira, sem fechamento de vias públicas, obstrução às garagens de ônibus ou coação a trabalhadores que simplesmente querem trabalhar. Importante ressaltar que o cidadão comum está bastante prejudicado com esses atos de excesso, pois deixam de ter acesso, por exemplo, a consultas médicas e/ou cirurgias, que estavam marcadas há meses.

O mês de dezembro é fundamental para os trabalhadores, a indústria e o comércio. Dessa forma, a ACESE, CDL e Fecomércio-SE enxergam que a tentativa de paralisação é eminentemente política, movida exclusivamente por sindicatos ligados à  movimentos políticos partidários, o que pode vir a prejudicar os colaboradores do comércio, indústria e o setor de serviços.

Como instituições do setor produtivo, a ACESE, CDL e Fecomércio-SE defendem, diuturnamente, os ideais e objetivos econômico-sociais dos segmentos que representa. Também valoriza o progresso de ações empresariais, visando a evolução da livre empresa, o aprimoramento das relações entre as entidades congêneres e a prosperidade do estado. Por isso, repudia qualquer ato que prejudique os verdadeiros trabalhadores e o setor produtivo no estado.

Subscrevem o manifesto, as seguintes entidades:

Abav/SE

Acomac/SE

Assedis

CRA/SE

CRC/SE

Junior Achievement

Seac

Sescap/SE

Sindesp/SE

Sincodiv

Sincadise/SE

Sindilojas

|Fonte e Foto: Assessoria de Comunicação

1089671 df jfrcrz abr 0509173018

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, defendeu hoje (4) que a reforma da Previdência seja aprovada ainda durante o governo do presidente Michel Temer, para que o próximo presidente não inicie o mandato com esse "enorme desafio".

Meirelles ministrou palestra na Fundação Getúlio Vargas, no seminário Reavaliação do Risco Brasil, e disse a jornalistas, ao fim do evento, que a reforma deve ser aprovada no final do ano ou no início da próxima legislatura. "É importante que o próximo presidente não tenha que assumir tendo esse enorme desafio pela frente", afirmou.

Meirelles avaliou como "completamente positivas" as reuniões feitas ontem pelo governo com partidos da base aliada, para tratar da votação da reforma no plenário da Câmara dos Deputados. "Houve, não só no almoço, mas também no jantar, um comprometimento muito grande de todos os partidos da base e das lideranças com a reforma".

O ministro evitou prever se a votação da reforma na Câmara dos Deputados ocorrerá neste ou no ano que vem. Entretanto, disse acreditar que ainda é possível realizá-la em 2017. Meirelles afirmou que essa é uma análise que deve ser feita pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e pelo presidente da República.

"Isso compete a uma coordenação, em última análise, do presidente da Câmara e do presidente da república, fazendo essa avaliação de qual é o momento certo de pautar", disse ele, que acrescentou: "Isso é uma decisão do Congresso Nacional. Não me compete definir limites".

Em resposta a jornalistas, o ministro da Fazenda comentou sobre a possibilidade de se candidatar à Presidência da República em 2018. Ele afirmou que tomará essa decisão apenas em março do ano que vem. "Preciso ter foco total no meu trabalho como ministro da Fazenda no momento. Não é o momento de estar em campanha ou com preocupações de outra ordem. Para o país, isso é o mais importante".

O ministro defendeu que o candidato que represente os partidos da base aliada do governo deve ser um nome comprometido com a agenda de reformas iniciada em 2016. "É muito importante que o candidato escolhido por todos os partidos da base seja comprometido com essa política econômica e com todas as reformas em todas as áreas, ensino médio, trabalhista, etc".

|Fonte e Foto: Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (29) proibir uso do amianto do tipo crisotila, material usado na fabricação de telhas e caixas d’água. A decisão dos ministros foi tomada para resolver problemas que surgiram após a decisão da Corte que declarou a inconstitucionalidade de um artigo da Lei Federal 9.055/1995, que permitiu o uso controlado do material.

Com a decisão, tomada por 7 votos a 2,  não poderá ocorrer a extração, a industrialização e a comercialização do produto em nenhum estado do país. Durante o  julgamento não foi discutido como a decisão será cumprida pelas mineradoras, apesar do pedido feito por um dos advogados do caso, que solicitou a concessão de prazo para efetivar a demissão de trabalhadores do setor e suspensão da comercialização.

Em agosto, ao começar a julgar o caso, cinco ministros votaram pela derrubada da lei nacional, porém, seriam necessários seis votos para que a norma fosse considerada inconstitucional. Dessa forma, o resultado do julgamento provocou um vácuo jurídico e o uso do amianto ficaria proibido nos estados onde a substância já foi vetada, como em São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, mas permitido onde não há lei específica sobre o caso, como em Goiás, por exemplo, onde está localizada uma das principais minas de amianto, em Minaçu.

As ações julgadas pela Corte foram propostas pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria (CNTI) há dez anos ao Supremo e pedem a manutenção do uso do material. A confederação sustenta que o município de São Paulo não poderia legislar sobre a proibição do amianto por tratar-se de matéria de competência privativa da União. Segundo a defesa da entidade, os trabalhadores não têm contato com o pó do amianto.

De acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e outras entidades que defendem o banimento do amianto, apesar dos benefícios da substância para a economia nacional – geração de empregos, exportação, barateamento de materiais de construção -, estudos comprovam que a substância é cancerígena e causa danos ao meio ambiente.

|Fonte e foto: Agência Brasil

VTR PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disponibilizou em todo país, desde a última terça-feira, 28, uma nova ferramenta eletrônica. O sistema “SINAL”, em substituição ao antigo “SINARF/Alerta”, vai aumentar as chances de recuperar um veículo roubado ou furtado.

O cidadão, agora, vai poder fazer um registro da ocorrência de seu veículo no Portal da PRF. A grande vantagem do serviço é a rapidez com que a informação registrada pela vítima chega a todos os policiais rodoviários federais.

Após realizado esse registro, uma mensagem "pop-up" será encaminhada para os telefones funcionais de todos os policiais que estejam em serviço operacional num raio de 100 km do local da ocorrência, ou por onde o veículo possa vir a passar. Assim os veículos poderão ser localizados e recuperados com maior rapidez.

Para dar mais credibilidade, os agentes da PRF poderão acessar os dados lançados no SINAL para conferir as informações e caso necessário rejeitar a denúncia quando verificado que se trata de falso relato.

Para inclusão de registro, o cidadão deve acessar o ícone “SINAL” pelo portal da PRF ou diretamente pelo link. A PRF ressalta que o registro no SINAL não substitui a necessidade de lavratura de boletim de ocorrência (BO) na Polícia Civil.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto: Ilustração/Internet

IMG 6450

A Smart Fit, que integra a maior rede de academias da América Latina, celebrou a sua chegada oficial no mercado de Aracaju, com um coquetel de drinques não alcoólicos, comidas saudáveis e música ao som de DJ. O evento aconteceu na terça-feira (28) na própria unidade, localizada no bairro Grageru, na Avenida Deputado Pedro Valadares.

“A nova academia significa a entrada da Smart Fit no estado de Sergipe e estamos muito entusiasmados em poder expandir para a população de Aracaju o nosso propósito que é democratizar o fitness de alto padrão. A Smart Fit conta com mais de 1,5 milhão de clientes, sendo que mais de 380 mil nunca tinham frequentado uma academia antes de conhecer a rede”, comenta Edgard Corona, presidente e fundador da Smart Fit. A nova Smart Fit tem mais de 1.300 metros quadrados de área e conta estacionamento no local.

A unidade inaugura com Smart Box, espaço para a prática de treinos funcionais, novidade que a rede está implementando nas academias que já estão em funcionamento há mais tempo, e terá uma sala de ginástica para a realização de aulas de abdominal, alongamento e ritmos (Zumba, Sh'bam e Fit Dance). Outro diferencial é o Smart Shape, um circuito em formato de treinamento intervalado de alta intensidade, elaborado de forma que atende a praticantes de diferentes níveis de condicionamento.

A academia também disponibiliza duas áreas principais, sendo uma delas com equipamentos de musculação e pesos livres, e a outra com aparelhos voltados à prática de atividades cardiovasculares, com esteiras e elípticos, além de equipamentos para membros inferiores e superiores e treinos específicos para a região do abdômen e da lombar.

A Smart Fit Aracaju, como foi denominada, oferece dois planos de matrícula: o Plano Smart, no qual o cliente pode treinar na unidade por uma mensalidade a partir de R$ 79,90, ou o Plano Black, a partir de R$ 89,90 mensais, que conta com diversos benefícios, como o uso de outras unidades da rede em todo o País, inclusive no exterior, e a possibilidade de treinar com um amigo na sua unidade. O Plano Black ainda permite o uso das poltronas de massagem das academias e oferece camiseta exclusiva.

Hoje são mais de 380 academias distribuídas em 24 estados brasileiros e forte presença na América Latina com unidades no Chile, México, Colômbia, Peru e República Dominicana. 

IMG 6541

Oportunidade para se exercitar

Diminuir a gordura corporal em um treino rápido! Essa é a principal proposta do programa de emagrecimento que engloba as modalidades de treinos HIT (High Intensity Training, ou treinamento de alta intensidade) e HIIT (High Intensity Interval Training, ou treinamento intervalado de alta intensidade), uma combinação de atividades cardiovasculares e neuromusculares com o objetivo de perda de gordura com segurança e eficiência. Segundo o doutor Luiz Carlos Carnevali Junior, consultor técnico da Smart Fit, o método vem ganhando cada vez mais adeptos entre aqueles que estão em busca de um corpo saudável. 

De acordo com o especialista da Smart Fit, o HIT e HIIT elevam o metabolismo e favorecem o emagrecimento, fazendo com que o corpo continue reduzindo calorias por algumas horas depois dos exercícios, uma vez que as atividadesde alta intensidade proporcionam um aumento considerável da taxa metabólica.

“O indivíduo passa a gastar mais calorias à base da própria gordura, não apenas no período do treino, mas durante as 24 horas do dia, simplesmente para manter o seu corpo em funcionamento, explica Carnevali. “Esse é um método de atividade que consiste em intervalos ativos ou passivos. O que faz a pessoa emagrecer é a resposta do seu organismo ao estímulo do treino”, complementa.

Ao contrário do que se pensa, após um pequeno período de adaptação, os treinos HIT e HIIT podem ser praticados por qualquer pessoa, já que a intensidade é relativa ao nível de aptidão física de cada cliente.

Na Smart Fit, por exemplo, o HIIT pode ser realizado em uma área livre, com uma TV instalada, na qual os participantes podem acompanhar as orientações para diferentes treinos.  Já o HIT é executado nas esteiras e oferece quinze fichas com sugestões de treinos, que atendem a pessoas com diversos níveis de condicionamento físico, desde o iniciante até o atleta profissional, e que buscam o emagrecimento.

Sobre a Smart Fit

Com 8 anos de atividades, a rede de academias Smart Fit conta com mais de 380 unidades distribuídas em mais de 24 estados brasileiros e Distrito Federal, além de presença no México, Chile, República Dominicana, Peru e Colômbia, além de mais de 1,5 milhão de clientes. Com uma proposta de democratizar o fitness de alto padrão, a Smart Fit conta com mensalidades a partir de R$ 59,90. A marca faz parte do Grupo Bio Ritmo, a rede que mais cresceu nos últimos 10 anos e a 5º maior em crescimento de receita, segundo o relatório global 2016 da IHRSA. Mais informações no site.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto: Márcio Dantas/Divulgação

dpe central

O Núcleo do Consumidor da Defensoria Pública do Estado de Sergipe está analisando diversas denúncias de consumidores relativas à falta de informações acerca da nova sistemática de juros de cartões de crédito. Com o objetivo de apurar a observância da Resolução do Banco Central (BACEN) e evitar, sobretudo, o superendividamento dos consumidores, a Defensoria Pública instaurou procedimento para apuração de Dano Coletivo (PADAC) nº 5/2017.

De acordo com o defensor público coordenador do Núcleo, Orlando Sampaio, a nova Resolução do Banco Central alterou a incidência de juros de cartão de crédito. “A Resolução nº 4.549 de 26 de Janeiro e 2017 do Banco Central alterou sensivelmente a incidência de juros. Antes das mudanças, o consumidor poderia pagar o valor mínimo da fatura do cartão de crédito que gira em torno de 15% do montante  e o restante entraria na próxima fatura sujeito a juros do conhecido crédito rotativo. Se o consumidor não pagasse o valor total da fatura, o remanescente seria inserido na próxima fatura, se tornando uma “bola de neve” para o consumidor, gerando dívida de grandes proporções”, esclarece.

“Com a nova Resolução do Banco Central em 3 de abril, o consumidor somente pagará o valor mínimo da fatura em um mês. No mês posterior, o banco é obrigado a ofertar ao cliente linha de crédito com juros baixos, ou seja, menores que aqueles aplicados ao crédito rotativo”, orienta o defensor público.

Segundo Sampaio, as denúncias indicam o descumprimento da Resolução por parte de algumas instituições financeiras. “Os consumidores relatam que mesmo após sucessivos parcelamentos da fatura do cartão de crédito, nada tem sido cientificado por parte dos bancos a respeito das linhas de crédito disponíveis. No entanto, a Resolução deixa claro que a opção pela linha de crédito mais vantajosa é direito do consumidor, o qual somente poderá ser exercido por meio de diálogo com as instituições bancárias”, afirma.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto: Divulgação

fatima rocha

Todos os dias, centenas de cartinhas escritas com carinho e esperança por crianças de diversas cidades são endereçadas ao Papai Noel dos Correios. Nelas, meninos e meninas pedem brinquedos, material escolar, roupas, calçados, entre tantos outros sonhos que podem ser facilmente tirados do papel com a ajuda dos padrinhos. Até o momento, a coordenação da campanha em Sergipe recebeu cerca de 6.500 cartas, das quais menos de 2.000 foram adotadas. 

Em Aracaju, os interessados em atender aos pedidos feitos por meninos e meninas de todo o estado têm até o dia 11 de dezembro para adotar uma cartinha nas agências de Correios da Rua Laranjeiras, Shopping Riomar e Rua Acre. No interior, as cartas para adoção estão disponíveis nas agências do Shopping Prêmio (Nossa Senhora do Socorro), Barra dos Coqueiros, Boquim, Cedro, Estância, Itabaiana, Lagarto, Monte Alegre de Sergipe, Nossa Senhora da Glória e Propriá.

Há várias edições, a senhora Fátima Rocha participa da campanha, adotando as cartinhas que mais a emocionam. “Eu penso que o Natal tinha que ser uma data feliz para todas as pessoas. Acabo de ler uma carta em que um menino pede bolas de gude para brincar com os seus amigos, ou seja, ele não está pensando apenas em ganhar um presente para ele. Isso é muito comovente”, conta.

Prazo

Meninos e meninas de até 10 anos que moram no interior do estado e que ainda não escreveram para o Bom Velhinho podem entregar suas cartas em qualquer agência dos Correios até a próxima quinta-feira, 30 de novembro. Na capital, só estão sendo aceitas cartas encaminhadas por escolas públicas indicadas pela secretaria de Educação do estado e do município, além de entidades assistenciais (creches, abrigos, orfanatos).

As cartinhas devem ser manuscritas e estar em envelopes com o nome e endereço completo da criança. Não é necessário selar. No ano passado, a coordenação estadual da campanha cadastrou e disponibilizou para adoção cerca de 9 mil cartas. Graças à solidariedade da população e de instituições parceiras, mais de 5 mil presentes foram entregues.

|Fonte: Assessoria de Comunicação
|Foto: Divulgação

HOzkshXx 400x400

A cantora Anitta decidiu se posicionar sobre a polêmica envolvendo a socialite Day McCarthy, que depois de cometer o crime de racismo contra a filha de Bruno Gagliasso decidiu afirmar publicamente que a cantora “cheira pó”. McCarthy fez a acusação pelo Instagram Stories depois que Anitta criticou seu ato de racismo pelo mesmo aplicativo.

Segundo a socialite, que ganhou um enorme espaço na mídia, ela tem um vídeo que prova o que está falando sobre Anitta. A cantora, contudo, afirma que são “acusações mentirosas” e manifesta sua indignação, por meio de sua assessoria de imprensa.

Por meio de sua assessoria de comunicação, a cantora manifestou  “indignação sobre o fato de acusações mentirosas ganharem tamanha credibilidade e repercussão”.

Ainda de acordo a nota, a artista “lamenta profundamente que calúnias absurdas a seu respeito provenientes de correntes de seguidores e likes em redes sociais possam tirar o foco do preconceito, do crime repugnante de racismo e homofobia praticado contra crianças.”

A assessoria informou, também, que Anitta “se solidariza com todos os que sofrem ataques virtuais por meio das redes sociais e repudia qualquer tipo de preconceito, homofobia, racismo, injúria e mentira”.

Além disso, a artista faz um apelo para que “os meios de comunicação e seus seguidores não deem espaço e credibilidade a discursos de ódio e aproveitadores dessa natureza”.


|Com informações por Portal Popline
|Foto: Divulgação

Sobre Nós

O Soma Notícias é um projeto voltado para garantir que a notícia chegue até o leitor de forma qualificada, com a confiabilidade necessária, numa forma de reportar à toda sociedade assuntos que são de interesse público. Como vivemos um momento diferenciado na comunicação, em que a importância de quem consome a notícia é mais valorizada do que nunca, o Soma Notícias vem para se somar ao objetivo de termos uma sociedade cada vez mais justa, plural e ciente de que os direitos e os deveres dos cidadãos se aplicam a todos, sem exceção. E isso só é possível se tivermos acesso a uma gama de informações confiáveis, que não abram espaço para a dúvida quanto a sua procedência. Essa é a missão do Soma Notícias. E é para executá-la que aqui estamos!

Newsletter

Deixe seu melhor e-mail para receber novidades e/ou promoções.
Somos contra Spam!